sicnot

Perfil

País

Turistas do Porto e Norte gastaram mais este inverno

Os turistas que visitaram o Porto e Norte de Portugal (PNP) entre outubro e março passados permaneceram, em média, seis noites e gastaram cerca de 745 euros, mais 13 euros do que no período homólogo, segundo um estudo hoje divulgado.

Reuters

De acordo com o "Perfil dos Turistas do Porto e Norte de Portugal" relativo ao inverno IATA 2015/2016 (outubro de 2015 a março de 2016) - desenvolvido pelo Instituto de Planeamento e Desenvolvimento do Turismo (IPDT) em parceria com o Turismo do Porto e Norte de Portugal e o Aeroporto do Porto -- "quase metade" dos turistas que visitaram o Porto e Norte viajaram sozinhos, ficando 34% alojados em hotéis por uma média de 6,4 noites.

Se o consumo médio global na visita ao PNP foi de 745 euros, tendo em conta a estada média e o número médio de elementos por viagem (1,7 pessoas), o consumo médio por pessoa foi de 451 euros e o consumo médio por noite foi de 123 euros.

O inquérito demonstra que "está em crescimento o número de pessoas que visita o destino a solo" -- 45% no inverno IATA 2015/16 face a 29% no período homólogo --, o que leva o presidente do IPDT a considerar que este "é um mercado muito interessante".

"É importante conhecer bem o perfil deste tipo de turista, a fim de explorar as oportunidades associadas a este segmento", sustenta António Jorge Costa.

De acordo com as conclusões do trabalho, os visitantes que indicaram já ter visitado o Porto e norte deslocam-se a este destino duas a três vezes por ano, destacando-se aqueles que estão em visita a familiares/amigos ou em negócios.

Se 83% dos inquiridos "não ponderou escolher outro destino" para férias que não a região, os restantes 17% referiram Lisboa, Algarve e Espanha como as principais alternativas.

No que se refere à escolha da companhia aérea, a Ryanair e a TAP foram as mais procuradas, por 36% e 25% dos turistas, respetivamente, tendo o motivo da viagem sido a visita a familiares/amigos (39,2%), o lazer/férias (33,5%) e motivações profissionais ou negócios (24,7%).

Analisando o perfil destes visitantes, 78% têm idades situadas entre os 19 e os 50 anos (36% tem menos de 30 anos), sendo a maioria casados, mas com a percentagem de solteiros a situar-se nos 40%.

Do trabalho resulta ainda que 62% exerce uma atividade por conta de outrem e 50% tem rendimentos entre 1.000 e 3.000 euros.

Os principais mercados emissores de turistas estrangeiros para o PNP, via Aeroporto do Porto, foram França, Espanha e Suíça, com cerca de 61% de quota de mercado no total, sendo que no segmento dos turistas em visita a familiares e amigos destacou-se o mercado francês (46%).

A Internet (68%) e os familiares/amigos (35%) foram os meios mais utilizados para obter informação sobre o PNP, seguindo-se os guias e roteiros turísticos (11%) e as agências de viagens (10%).

Quanto à tipologia de alojamento, destacaram-se o hotel (34%), a casa de familiares/amigos (26%) e a casa própria (22%), surgindo ainda "com alguma importância" as unidades de alojamento local ('hostel'/pensão -- 9%), a casa arrendada (4%) e os apartamentos turísticos (4%).

Em termos globais, os turistas em negócios foram os que passaram, em média, menos tempo na região (três noites), ao contrário dos turistas em visita a familiares/amigos, que permaneceram por nove noites.

As atividades mais praticadas no PNP passaram por experimentar a gastronomia (66%) e fazer compras (49%), seguindo-se a visita a monumentos (37%), a fruição da paisagem (36%) e os passeios de carro (28%).

Numa escala de um a sete pontos o índice de satisfação com a visita ao PNP cifrou-se nos 6,2 pontos, tendo a intenção de recomendar superado este valor (6,3 pontos) e a intenção de regressar ficado nos 5,8 pontos.

Entre os turistas internacionais que visitaram o PNP predominaram os homens, sobretudo no segmento dos turistas em negócios, e a maioria dos inquiridos eram casados/união de facto (52%), seguindo-se os solteiros (40%) e os divorciados (7%).

Lusa

  • Sismo abala centro de Itália

    Mundo

    Um sismo abalou esta manhã o centro de Itália, incluindo a capital, Roma, e outras localidades atingidas por uma série de tremores o ano passado.

    Em desenvolvimento

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • Acordo de concertação social assinado por todos os parceiros

    Economia

    Está assinado o acordo da Concertação Social que estipula a descida da TSU para as empresas como contrapartida do aumento do salário mínimo. Ao contrário do que é habitual, o momento não foi assinalado na sede do Conselho Económico e Social (CES), mas as assinaturas foram divulgadas no Twitter.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".