sicnot

Perfil

País

Coimbra aciona plano especial de emergência para cheias e inundações

O presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Manuel Machado, acionou hoje o Plano Especial de Emergência para Cheias e Inundações (PEECI), no concelho de Coimbra, anunciou a autarquia.

(Arquivo/SIC)

(Arquivo/SIC)

SIC

A decisão de ativar o PEECI resulta do facto de as previsões apontarem para a "possibilidade de ocorrência de inundações em meios urbanos historicamente mais vulneráveis", a partir do final da tarde, princípio da noite de hoje, explica a Câmara de Coimbra.

Além do comunicado da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), alertando, entre outros aspetos, para a possibilidade de se registarem inundações, o presidente do município também justifica a medida com a admissível "grande aglomeração de pessoas" na cidade, por causa da Queima das Fitas, que teve início na sexta-feira.

É "previsível grande aglomeração de pessoas", hoje e domingo, dia para o qual está programado o cortejo da Queima das Fitas, período que coincide com "as fases de maior precipitação", de acordo com a Proteção Civil, sublinha o mesmo comunicado da autarquia, enviado à agência Lusa.

"Foram já acionados todos os dispositivos municipais de Proteção Civil, necessários e adequados à situação meteorológica e correspondente realização desta festa académica", acrescenta a Câmara de Coimbra.

Contactada pela agência Lusa, a Proteção Civil não tinha, hoje, até às 18:30, registo de qualquer ocorrência relevante no concelho de Coimbra, provocada pelo estado do tempo, apesar de chover e de o vento soprar com alguma intensidade, desde as 16:00/17:00.

Lusa

  • Caravana com cinzas de Fidel chega este sábado a Santiago de Cuba
    2:01
  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.