sicnot

Perfil

País

Comissão Europeia lança prémio de jornalismo Fernando de Sousa

A Comissão Europeia anunciou hoje o lançamento do prémio de jornalismo Fernando de Sousa, que será atribuído a jornalistas e estudantes de cursos de media que tenham contribuído "de forma notável" para os temas de assuntos europeus.

O prémio é apresentado hoje, dia 09 de maio, Dia da Europa, e será atribuído, pela primeira vez, na mesma data do próximo ano, refere um comunicado da Representação da Comissão Europeia em Portugal.

"O prémio de jornalismo Fernando de Sousa visa honrar e perpetuar o profissionalismo do jornalista", refere.

Fernando de Sousa foi um jornalista português especializado em assuntos europeus, que passou pela RDP, BBC, Diário de Notícias e SIC e faleceu a 9 de outubro de 2014.

O prémio será atribuído a jornalistas e estudantes de cursos de jornalismo e comunicação social que tenham contribuído "de forma notável para clarificar questões importantes a nível europeu ou que tenham promovido um melhor conhecimento das instituições ou políticas da União Europeia em Portugal".

A Representação da Comissão Europeia em Portugal adianta que o prémio é atribuído "num espírito de respeito pela liberdade e pelo pluralismo da comunicação social e no contexto da intenção da Comissão Europeia de melhorar a comunicação entre as instituições da UE e os cidadãos europeus".

As candidaturas elegíveis são artigos e reportagens que abordem questões importantes a nível europeu ou que promovam um melhor conhecimento das instituições ou políticas europeias e que tenham sido publicados ou difundidos entre 9 de maio deste ano e 14 de janeiro de 2017.

Estes artigos e reportagens candidatos ao prémio têm de ter sido elaborados em português, num meio de comunicação português e que não tenham recebido qualquer outra distinção.

A apresentação das candidaturas para a edição de 2017 terá início a 15 de janeiro de 2017 e terminará a 1 de março do mesmo ano.

O lançamento do prémio de jornalismo Fernando de Sousa, que decorre ao final do dia em Lisboa, contará com a presença do presidente do Conselho de Administração da Impresa, Francisco Pinto Balsemão, da família e amigos do jornalista.

Lusa

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.

  • "Estar na Web Summit foi dizer em empreendedorês: estamos vivos, estamos aqui!"

    Web Summit

    No seguimento da entrevista à blogger Sara Riobom, que conhecemos durante a WebSummit, trazemos a história de outro jovem português (que não trabalha sozinho) que esteve no evento, em Lisboa, a promover a sua startup. Quis o acaso e as peripécias do direto e do destino que acabasse por receber um visitante ilustre e especial no seu stand: nada mais nada menos do que o primeiro-ministro, António Costa. Recentemente estiveram no Shark Tank, onde conseguiram captar a atenção de um dos “tubarões” do programa da SIC. Mas o que queremos saber é…

    Martim Mariano