sicnot

Perfil

País

Comissão Europeia lança prémio de jornalismo Fernando de Sousa

A Comissão Europeia anunciou hoje o lançamento do prémio de jornalismo Fernando de Sousa, que será atribuído a jornalistas e estudantes de cursos de media que tenham contribuído "de forma notável" para os temas de assuntos europeus.

O prémio é apresentado hoje, dia 09 de maio, Dia da Europa, e será atribuído, pela primeira vez, na mesma data do próximo ano, refere um comunicado da Representação da Comissão Europeia em Portugal.

"O prémio de jornalismo Fernando de Sousa visa honrar e perpetuar o profissionalismo do jornalista", refere.

Fernando de Sousa foi um jornalista português especializado em assuntos europeus, que passou pela RDP, BBC, Diário de Notícias e SIC e faleceu a 9 de outubro de 2014.

O prémio será atribuído a jornalistas e estudantes de cursos de jornalismo e comunicação social que tenham contribuído "de forma notável para clarificar questões importantes a nível europeu ou que tenham promovido um melhor conhecimento das instituições ou políticas da União Europeia em Portugal".

A Representação da Comissão Europeia em Portugal adianta que o prémio é atribuído "num espírito de respeito pela liberdade e pelo pluralismo da comunicação social e no contexto da intenção da Comissão Europeia de melhorar a comunicação entre as instituições da UE e os cidadãos europeus".

As candidaturas elegíveis são artigos e reportagens que abordem questões importantes a nível europeu ou que promovam um melhor conhecimento das instituições ou políticas europeias e que tenham sido publicados ou difundidos entre 9 de maio deste ano e 14 de janeiro de 2017.

Estes artigos e reportagens candidatos ao prémio têm de ter sido elaborados em português, num meio de comunicação português e que não tenham recebido qualquer outra distinção.

A apresentação das candidaturas para a edição de 2017 terá início a 15 de janeiro de 2017 e terminará a 1 de março do mesmo ano.

O lançamento do prémio de jornalismo Fernando de Sousa, que decorre ao final do dia em Lisboa, contará com a presença do presidente do Conselho de Administração da Impresa, Francisco Pinto Balsemão, da família e amigos do jornalista.

Lusa

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15