sicnot

Perfil

País

Idosa mata colega de quarto com bengala num lar em Ourique

Uma idosa, de 69 anos, matou outra, de 88 anos, com uma bengala, no domingo à noite, no lar da Santa Casa da Misericórdia de Ourique, no Alentejo, disse hoje à agência Lusa fonte da GNR.

Arquivo Reuters

A homicida "agrediu violentamente" a vítima com uma bengala, provocando-lhe a morte, explicou a fonte, precisando que o crime ocorreu cerca das 22:50 de domingo no quarto que as duas idosas partilhavam no lar da Santa Casa da Misericórdia de Ourique, no distrito de Beja.

Segundo a fonte, a GNR deslocou-se ao lar e, por se tratar de um homicídio, entregou o caso à Polícia Judiciária (PJ), que encaminhou a homicida sob custódia para o serviço de psiquiatria do hospital de Beja.

A mesma fonte da GNR disse que se desconhecem, por enquanto, os motivos do homicídio.

Num comunicado enviado à Lusa, a Santa Casa da Misericórdia de Ourique lamenta a morte da idosa, que ocorreu "em circunstâncias ainda não devidamente esclarecidas".

Segundo a Misericórdia de Ourique, a idosa que "alegadamente agrediu mortalmente a vítima estava a ser acompanhada pelo serviço de psiquiatria do hospital de Beja, que lhe concedeu altas consecutivas".

A Santa Casa da Misericórdia de Ourique refere que já disponibilizou apoio psicológico à família da vítima e que, "oportunamente", dará "outros possíveis esclarecimentos" sobre o caso, que "não se encontram em segredo de justiça".

  • Lixo, para que te quero?
    23:17
  • Tuk-tuk em protesto oferecem hoje passeios gratuitos em Lisboa

    País

    A Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos (APECATE) promove hoje a iniciativa "Cá vai Lisboa", com passeios gratuitos de tuk-tuk, para alertar a população para a "problemática" regulamentação municipal deste tipo de veículos.

  • Ricardo Robles apresentado como candidato do BE a Lisboa
    1:31

    Autárquicas 2017

    Ricardo Robles foi formalmente apresentado este sábado como candidato do Bloco de Esquerda à Câmara Municipal de Lisboa. No encerramento da convenção autárquica do partido, Catarina Martins fez críticas ao Governo, dizendo que o projeto de descentralização do Executivo é perigoso e ameaça a democracia.

  • Pavilhão Carlos Lopes esteve encerrado durante 14 anos
    2:27