sicnot

Perfil

País

CDS quer alterar calendário das obras na Segunda Circular e Sete Rios

O CDS quer alterar o calendário das obras da Segunda Circular e de Sete Rios, em Lisboa. A moção, do Gabinete do vereador do partido pela Câmara de Lisboa, defende que deverá ser ponderada uma mudança no calendário, sem avançar datas.

JOS\303\211 SENA GOUL\303\203O

O CDS justifica a proposta com o facto de decorrerem várias obras em simultâneo: a do Eixo Central, Cais do Sodré e intervenções no âmbito do programa "Uma praça em cada Bairro".

O partido considera que a Câmara deve disponibilizar informação aos munícipes sobre o faseamento das obras e alternativas ao trânsito. O CDS defende também a disponibilização imediata do Relatório da Consulta Pública, assim como da Acta de adjudicação da obra do Eixo Central de Lisboa.

  • Zona do Areeiro em obras há sete anos
    2:21

    País

    As obras na estação de metro do Areeiro, em Lisboa, estão paradas desde dezembro de 2013. A remodelação começou em 2009 e metade da estação permanece fechada. À superfície, também a Praça continua por arranjar. O Metro diz que o atraso e a suspensão da empreitada se deveu ao incumprimento contratual do empreiteiro, mas espera assinar um novo contrato até ao final do ano e reiniciar a remodelação da estação e da praça em 2017.

  • Jovens adoptados e filha do líder da IURD com versões diferentes dos acontecimentos
    4:06

    País

    Os jovens adoptados e a filha do bispo Edir Macedo, que alegadamente os adoptou, têm versões diferentes sobre o que aconteceu. Vera e Luís Katz garantem que foram adoptados por uma família norte-americana, com que viveram até aos 20 anos. Viviane Freitas, filha do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, conta que foi mãe das crianças durante três anos, apesar de lhe ter sido negada a adopção.

  • Cabecilha da seita Verdade Celestial é "mentiroso, egocêntrico e psicótico"
    2:22

    País

    O cabecilha da seita "Verdade Celestial" foi condenado a 23 anos de pena de prisão por abusos sexuais de crianças e adolescentes. O juiz diz que o cabecilha do grupo era mentiroso patológico, egocêntrico, impulsivo e com personalidade psicótica. Dos oito acusados, duas mulheres foram absolvidas e seis arguidos foram condenados a penas efectivas. A rede de abusadores foi desmantelada há dois anos, numa quinta de Palmela.

  • Mau tempo obriga ao cancelamento de centenas de voos na Europa
    1:21