sicnot

Perfil

País

Secretário-geral da ONU assiste ao debate quinzenal no Parlamento

O presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, recebe na sexta-feira, pelas 11:15, o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, altura em que no plenário haverá debate quinzenal com a presença do primeiro-ministro.

Ban Ki-moon, secretário geral da ONU.

Ban Ki-moon, secretário geral da ONU.

© Denis Balibouse / Reuters

Este debate quinzenal, como é habitual quando acontece às sextas-feiras, começa às 10:00 e dura cerca de duas horas, o que levará seguramente Ferro Rodrigues a pedir a um dos seus vice-presidentes para o substituir na condução dos trabalhos em plenário na segunda metade do debate, por forma a poder receber o secretário-geral das Nações Unidas.

O secretário-geral das Nações Unidas estará em Portugal quinta e sexta-feira a convite do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, tendo encontros com o primeiro-ministro, António Costa, e com o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva.

Após o encontro com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa condecora Ban Ki-moon e oferece-lhe um almoço em Belém.

Nas conversas com representantes de órgãos de soberania portugueses, um dos temas será a candidatura do antigo primeiro-ministro António Guterres à sua sucessão no cargo de secretário-geral das Nações Unidas, isto sabendo-se que Ban Ki-moon abandona o cargo que desempenha há dez anos no final deste ano.

Na quinta-feira, o responsável máximo das Nações Unidas encontra-se no Museu do Oriente com um grupo de estudantes sírios radicados em Portugal.

Os estudantes pertencem à Plataforma Global de Assistência Académica de Emergência a Estudantes Sírios - uma iniciativa do antigo Presidente da República Jorge Sampaio, que já trouxe até Portugal cerca de uma centena de estudantes universitários deste país.

Lusa

  • Cinco anos depois do incêndio na Serra do Caldeirão
    5:24
  • Destaques económicos que marcaram a semana
    2:03

    Economia

    A semana ficou marcada pela tragédia provocada pelos incêndios no centro do país. No entanto importa olhar para o que se passou noutras áreas e fazer um resumo das notícias relacionadas com a economia. 

  • Martin Schulz ataca Merkel a três meses das legislativas

    Mundo

    O social-democrata alemão Martin Schulz passou este domingo à ofensiva, a três meses das eleições legislativas, ao acusar Angela Merkel de "arrogância" e de sabotar a "democracia", quando as sondagens apontam para uma larga vantagem da chanceler da Alemanha.

  • Martha, a cadela mais feia do mundo
    0:42

    Mundo

    A cadela Martha, de raça mastim napolitano ficou em primeiro lugar na edição anual do concurso que elege os cães mais feios do mundo. A cadela tem três anos, pesa 57 quilos e foi resgatada pela dona quando estava praticamente cega. Acabou por recuperar a visão depois de várias operações. Martha e a dona receberam um prémio de 1.500 dólares e uma viagem a Nova Iorque para marcarem presença em programas de televisão.