sicnot

Perfil

País

Ex-coordenador da PJ Dias Santos passa para prisão domiciliária

O juiz Carlos Alexandre, do Tribunal Central de Instrução Criminal (TCIC), alterou hoje a medida de coação do ex-coordenador da PJ na reforma Carlos Dias Santos para prisão domiciliária com pulseira eletrónica.

Dias Santos foi coordenador no departamento de combate ao tráfico de estupefacientes, Ricardo Macedo ocupava agora uma posição de chefia no mesmo departamento

Dias Santos foi coordenador no departamento de combate ao tráfico de estupefacientes, Ricardo Macedo ocupava agora uma posição de chefia no mesmo departamento

SIC

Segundo Melo Alves, advogado do arguido, a alteração da medida de coação aplicada a Dias Santos, que se encontrava em prisão preventiva desde 14 de abril, foi alterada na sequência de um requerimento que apresentou àquele juiz do TCIC.

Além de Dias Santos, vão ainda para prisão domiciliária com pulseira eletrónica mais três arguidos do processo.

Em prisão preventiva vão continuar o inspetor-chefe da Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes (UNCTE), Ricardo Macedo, e o cabo da GNR do destacamento de Torres Vedras José Manuel Baltazar Silva.

Na sequência da "Operação Aquiles", desencadeada no início de abril, foram constituídos 17 arguidos, 15 dos quais foram presentes a tribunal no dia 14 de abril.

O processo envolve suspeitas de corrupção ativa e passiva, tráfico de droga agravado, associação criminosa e branqueamento de capitais.

Carlos Dias Santos esteve 38 anos na PJ e pertenceu à Direcção Central de Investigação de Tráfico de Estupefacientes (DCITE) e à Direcção Central de Combate ao Banditismo (DCCB). Já o inspetor-chefe Ricardo Macedo trabalhava na UNCTE.

A investigação está a cargo da Unidade Nacional de Combate à Corrupção, em colaboração com a Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefaciente, num inquérito dirigido pelo Departamento Central de Investigação e Ação Penal.

Com Lusa

  • Hoje joga Portugal (mas antes há um Uruguai-Rússia em direto na SIC)

    Mundial 2018 / O Mundial

    Começa a última jornada da fase de grupos do Mundial, com quatro jogos por dia. Às 15:00, numa partida transmitida em direto na SIC, a anfitriã Rússia e o Uruguai resolvem qual poderá ser o adversário de Portugal nos oitavos de final. Isto, dependendo claro da prestação da seleção nacional frente ao Irão, ao fim da tarde, uma vez que a qualificação não está garantida (e pode até depender do resultado do Espanha-Marrocos).

  • Gato reencontra dono 10 anos depois de ter desaparecido

    Mundo

    A Blue Cross recolheu no mês passado um gato que tinha sido dado como desaparecido em 2008, num altura em que o dono Mark Salisbury residia em Ipswich, Suffolk, no Reino Unido. Graças ao microchip de Harry, a associação britânica que se dedica à proteção animal, conseguiu localizar Salisbury, que agora vive em Gloucestershire.

  • "É a primeira vez que vai ser testado o programa do Nuno Crato"
    0:57

    País

    Os alunos do 11º e 12º anos de escolaridade fazem hoje o exame de matemática, uma das provas mais importantes no acesso à universidade e para a conclusão do ensino obrigatório. No final do secundário, são quase 50 mil os alunos que hoje fazem a prova que acarreta algumas alterações instituídas ainda pelo ex-ministro Nuno Crato, como explicou à SIC Notícias o diretor do Liceu Camões, em Lisboa.

  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes