sicnot

Perfil

País

Cavaco Silva diz que tempos a seguir à Presidência têm sido "pacatos"

O ex-Presidente da República Aníbal Cavaco Silva disse esta segunda-feira que, após ter cessado funções em Belém, os tempos têm sido "pacatos", antecipando que assim vão continuar a ser.

M\303\201RIO CRUZ

Em Lisboa, num evento promovido pelo Instituto Superior Economia e Gestão (ISEG), Cavaco Silva foi questionado pelos jornalistas sobre a sua vida atual após dez anos como chefe de Estado e devolveu: "Muito pacatos. E vão continuar pacatos".

O antigo Presidente chegou ao evento cerca das 20:30 acompanhado pela mulher, Maria Cavaco Silva, e ladeado por Eduardo Catroga, antigo aluno do ISEG, instituição que assinala hoje 105 anos de existência.

A associação de antigos alunos do instituto de economia, situado na zona de São Bento, a escassos metros da Assembleia da República, homenageia hoje Aníbal Cavaco Silva e também Luís Alves Costa.

Lusa

  • Despenalização da eutanásia votada na terça-feira no Parlamento
    2:04
  • Há companhias aéreas a contratar. TAP é uma delas
    1:28

    Economia

    Com o crescimento do turismo, que continua a bater recordes, as companhias aéreas querem profissionais para reforçar as rotas com maior procura e oferecer novos destinos. Só a TAP prevê contratar mais 700 pessoas este ano para várias funções, incluindo 300 tripulantes de cabina e 170 pilotos.

  • Trump remarca encontro com Kim Jong-un no Twitter
    2:33

    Mundo

    A Coreia do Sul e a Coreia do Norte reuniram-se pela segunda vez em menos de um mês. Os Presidentes dos dois países dizem que estão a cooperar para que a cimeira entre Washington e Pyongyang, em Singapura, seja um sucesso. Donald Trump regressou ao Twitter para remarcar a cimeira a 12 de junho.