sicnot

Perfil

País

Miguel Albuquerque quer "regime de excecionalidade" para greves longas

ENTREVISTA SIC NOTÍCIAS

Miguel Albuquerque quer "regime de excecionalidade" para greves longas

Miguel Albuquerque disse que os serviços mínimos decretados devido à greve dos estivadores não estão a ser suficientes para colmatar as necessidades da população madeirense. O presidente do Governo Regional da Madeira, que recusou discutir as razões da greve, referiu que, havendo importação de bens de cerca de 80%, é necessário ter em conta um regime de excecionalidade para ilhas. Miguel Albuquerque admitiu que a região está a ser fortemente afetada no comércio e economia.

  • Estivadores mantêm greve até 16 de junho
    2:28

    Economia

    Os estivadores vão manter-se em greve até 16 de junho, tal como estava previsto, e deixam em aberto um prolongamento. Contudo, no final do plenário de hoje, o presidente do sindicato admitiu estar disponível para voltar às negociações. Os estivadores aguardam que o Governo crie condições para voltar a sentar os parceiros à mesma mesa e garantem que têm cumprido os serviços mínimos. O conflito laboral no Porto de Lisboa dura desde 2012, quando se começou a discutir o novo regime do trabalho portuário.

  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.