sicnot

Perfil

País

Câmara de Matosinhos diz estarem a ser apuradas causas de acidente mortal

A Câmara Municipal de Matosinhos anunciou hoje estarem a ser tomadas todas as medidas para apurar as causas do acidente num carrossel que causou a morte a um jovem de 17 anos.

"A Câmara Municipal de Matosinhos e a Associação para a Animação da Cidade de Matosinhos (Ancima) asseguram que estão a ser tomadas todas as providências para garantir o apuramento das causas do sinistro, tendo o equipamento onde ocorreu o acidente sido já objeto de uma peritagem por parte da Divisão de Investigação Criminal da PSP", referiu a autarquia liderada por Guilherme Pinto em comunicado.

A Câmara Municipal de Matosinhos, em conjunto com a Ancima, lamentou "profundamente a morte de um jovem de 17 anos residente em Matosinhos", tendo apresentado "as mais sentidas condolências à família da vítima deste acidente".

No mesmo comunicado a autarquia e a Ancima "esclarecem ainda que todos os equipamentos de diversão mecânica instalados na romaria do Senhor de Matosinhos estão devidamente licenciados pelas autoridades competentes".

De acordo com fonte do hospital Pedro Hispano, o jovem de 17 anos chegou ao hospital já em paragem cardiorrespiratória, foi ainda transportado para a sala de emergência, mas não sobreviveu aos ferimentos.

Lusa

  • Temperaturas sobem no fim de semana, risco de incêndio aumenta
    1:08
  • Reveladas escutas telefónicas entre Sócrates e Ricardo Salgado
    2:39

    Operação Marquês

    Após ser detido em 2014, Ricardo Salgado recebeu uma chamada de José Sócrates a dar o seu apoio. Nas escutas é possível perceber que o antigo primeiro-ministro fala de admiração pelo ex-banqueiro, depois de Sócrates ter garantido, na semana passada na RTP, que a relação com Ricardo Salgado era apenas institucional. Noutra conversa de Sócrates, desta vez com o advogado Daniel Proença de Carvalho, o ex-primeiro-ministro criticou Marcelo Rebelo de Sousa, quando este ainda era comentador e tinha comentado a queda do BES.