sicnot

Perfil

País

Casal suspeito de matar ex-deputado do CDS Madeira vai a julgamento

O casal suspeito de matar e enterrar o corpo do ex-deputado regional do CDS da Madeira vai ser julgado por homicídio qualificado por especial perversidade, roubo e profanação de cadáver.

O homem e a mulher estão em prisão preventiva desde novembro e são suspeitos de terem estrangulado, desmembrado e enterrado a vítima num terreno agrícola.

Ante do crime, o casal terá atraído o professor reformado e antigo deputado a uma casa, no Funchal, onde terá sido agredido para ceder o código de multibanco.

O Ministério Público acredita que o casal se defez do corpo após vários levantamentos da canto bancária da vítima. O corpo foi descoberto vários meses após o crime.

  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.