sicnot

Perfil

País

MP pede 13 a 16 anos de prisão para Oliveira Costa

O Ministério Público pediu 13 a 16 anos de prisão para Oliveira Costa, o antigo presidente do Banco Português de Negócios. Nas alegações finais, o MP pediu penas de prisão para 14 dos 15 arguidos, efetivas para seis deles.

(Lusa/Arquivo)

(Lusa/Arquivo)

(Lusa/Arquivo)

Para os restantes arguidos do processo BPN, o Ministério Público pede para Luís Caprichoso, ex-gestor do Banco Português de Negócios, uma pena de 10 a 12 anos de prisão, para José Vaz ex-presidente do Banco Insular, os procuradores pediram entre 9 a 10 anos de cadeia e para Francisco Sanches, outro ex-gestor do BPN, pediram entre 8 e 9 anos.

O procurador Jorge Malhado pediu ainda para Telmo Reis uma pena de 7 anos e meio a 8 anos e meio de prisão, para Ricardo Oliveira, 5 anos e meio e para José Monteverde 3 anos e meio com pena suspensa.

O julgamento do caso BPN começou em dezembro de 2010.

Oliveira Costa e outros 14 arguidos são acusados de terem sido os responsáveis por crimes financeiros que levaram ao descalabro do banco.

  • "Até para o ano", a mensagem de Ronaldo para os adeptos do Real Madrid
  • Despenalização da eutanásia votada na terça-feira no Parlamento
    2:04
  • Há companhias aéreas a contratar. TAP é uma delas
    1:28

    Economia

    Com o crescimento do turismo, que continua a bater recordes, as companhias aéreas querem profissionais para reforçar as rotas com maior procura e oferecer novos destinos. Só a TAP prevê contratar mais 700 pessoas este ano para várias funções, incluindo 300 tripulantes de cabine e 170 pilotos.

  • O bombeiro herói que recebe 267 euros de pensão
    2:36
  • Funcionários dos EUA na Coreia do Norte para preparar cimeira
    2:19