sicnot

Perfil

País

Risco Muito Alto e Alto de exposição à radiação ultravioleta em todas as regiões do país

Todas as regiões do país apresentam hoje risco 'Muito Alto' e 'Alto' de exposição à radiação ultravioleta (UV), informa o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) na sua página na Internet.

reuters

De acordo com o instituto, em risco 'Muito Alto' de exposição à radiação UV estão as regiões de Bragança, Faro, Vila Real, Guarda, Sagres, Viseu, Leiria, Aveiro, Beja, Braga, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Lisboa, Penhas Douradas, Porto, Portalegre, Santarém, Setúbal, Sines, Viana do Castelo, Funchal, Porto Santo, Angra do Heroísmo e Ponta Delgada.

O IPMA indica ainda que as regiões da Horta e Santa Cruz das Flores (Açores) apresentam hoje com risco 'Alto'.

Para as regiões com níveis 'Muito Alto', o IPMA recomenda o uso de óculos de sol com filtro UV, chapéu, 't-shirt', guarda-sol e protetor solar, além de aconselhar que seja evitada a exposição das crianças ao sol.

Os índices UV variam entre menor do que 02, em que o UV é 'Baixo', 03 a 05 ('Moderado'), 06 a 07 ('Alto'), 08 a 10 ('Muito Alto') e superior a 11 ('Extremo').

Quanto ao estado do tempo, o instituto prevê para hoje no continente céu pouco nublado ou limpo, vento em geral fraco do quadrante leste, soprando temporariamente de noroeste durante a tarde no litoral oeste, neblina ou nevoeiro matinal no litoral centro e subida de temperatura, em especial da máxima e nas regiões do litoral oeste.

Na Madeira prevê-se períodos de céu muito nublado, vento em geral fraco do quadrante leste, tornando-se do quadrante norte e pequena subida de temperatura, em especial da máxima.

Para os Açores, a previsão aponta para períodos de céu muito nublado com boas abertas, aguaceiros fracos em especial na madrugada e manhã e vento oeste fresco a muito fresco com rajadas até 65 quilómetros por hora, tornando-se bonançoso.

Quanto às temperaturas, em Lisboa vão variar entre 16 e 30 graus Celsius, no Porto entre 15 e 27, em Vila Real entre 12 e 26, em Bragança entre 08 e 25, em Viseu entre 12 e 26, na Guarda entre 11 e 22, em Coimbra entre 13 e 28, em Castelo Branco entre 15 e 28, em Santarém entre 13 e 32, em Évora entre 13 e 31, em Beja entre 15 e 32, em Faro entre 20 e 27, no Funchal entre 17 e 24, em Ponta Delgada entre 16 e 21, na Horta entre 15 e 20 e em Santa Cruz das Flores entre 14 e 19.

  • Principais factos da acusação no caso BPN dados como provados

    País

    O coletivo de juízes responsável pelo julgamento do processo principal do caso BPN interrompeu perto das 13:00 a leitura do acórdão iniciada pelas 10:30. Os principais factos da acusação são dados como provados, mas a leitura deverá demorar algumas horas.

  • Greve na Função Pública vai afetar escolas, saúde e cultura

    País

    A greve nacional convocada para sexta-feira pela Federação Nacional dos Sindicatos da Função Pública (FNSTFPS) deverá afetar as escolas, a área da saúde e ainda da cultura, entre outros serviços, afirmou esta quarta-feira a dirigente sindical, Ana Avoila.

  • Papa pede a Trump para ser pacificador
    1:12
  • Supremo confirma condenação de Messi por fraude fiscal

    Desporto

    O Supremo Tribunal de Justiça espanhol confirma a condenação de Lionel Messi por fraude fiscal. A notícia foi avançada pelo El País. O jogador do Barcelona foi condenado a 21 meses de prisão por três crimes fiscais que lesaram o Estado em 4,1 milhões de euros.

  • Autódromo do Estoril está ilegal há 45 anos

    Desporto

    De acordo com o Público este equipamento desportivo, inaugurado na década de 70, não tem licença de construção nem de utilização. Uma notícia que apanhou de surpresa o executivo camarário de Cascais, liderado por Carlos Carreiras.

  • Seca na Bacia do Sado exige restrições ao uso da água no Alentejo

    País

    A Agência Portuguesa do Ambiente aprovou hoje um conjunto de medidas para gestão dos recursos hídricos, definindo medidas específicas para a bacia hidrográfica do Sado, a única que se encontra em situação de seca. Além da diminuição de regas em hortas e jardins, a APA recomenda o encerramento das fontes decorativas, a proibição de encher piscinas e de lavagem de automóveis.