sicnot

Perfil

País

Pais e docentes de colégios entregam cravos amarelos no Ministério

Pais e docentes de colégios entregam cravos amarelos no Ministério

Um grupo de pais, professores e funcionários das escolas com contrato de associação entregou no Ministério da Educação 374 cravos amarelos, um por cada turma cortada. No Instituto de Leiria prevê-se que sejam cortadas algumas turmas. Apesar de haver alternativa na rede pública, o movimento "Em defesa da Escola Ponto" diz que é preciso repensar o impacto social e cultural que esta mudança trará.

  • Governo diz que contratos de associação são assunto encerrado
    1:33

    País

    O Governo português diz que a questão dos contratos de associação com os colégios está encerrada, uma vez que o Ministério da Educação fica vinculado à interpretação da Procuradoria-Geral da República. Ainda assim, o Executivo está disposto a discutir outras parcerias. Contudo pede aos pais que não matriculem os filhos em turmas, porque não vai ceder a essa pressão. No dia 18 de junho está marcada uma manifestação nacional a favor das escolas públicas.

  • "Cortar de repente e sem aviso prévio é uma violência"
    24:44

    Luís Marques Mendes

    Luís Marques Mendes comenta a atualidade nacional. O comentador diz que as escolas públicas e os colégios privados são duas realidades necessárias para o país. Para Luís Marques Mendes o corte feito pelo Governo e sem aviso prévio "é uma violência". Sobre as relação entre o Governo e o Presidente, Marques Mendes diz que já se nota um distanciamento entre as duas partes. O comentador falou ainda sobre as eventuais sanções que podem vir a ser impostas a Portugal. Na sua opinião o ministro das Finanças da Alemanha não tem razões para pedir sanções quando o défice português derrapa apenas duas décimas.

  • Igreja toma posição na guerra entre o Governo e os colégios privados
    3:06

    País

    A guerra entre o ministério da Educação e os colégios continua com novos episódios e com um novo protagonista. A Igreja Católica apoia o protesto dos privados. Entretanto a Procuradoria Geral da República deu razão ao Governo no que toca à proibição de algumas escolas abrirem turmas de início de ciclo. Por outro lado, as escolas privadas alegam que um texto produzido pelo Tribunal de Contas diz que os contratos com o sector privado não dependem da existência de oferta pública. O Tribunal já veio entretanto esclarecer o equívoco.

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Desporto

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Desporto

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.

  • Mais cinco ilhas dos Açores sob aviso vermelho

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou esta quarta-feira para vermelho o aviso para as cinco ilhas do grupo central dos Açores, onde no Faial o vento atingiu os 150 quilómetros por hora.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.