sicnot

Perfil

País

Risco elevado de incêndio em 6 concelhos de Faro, Beja, Castelo Branco e Santarém

Seis concelhos dos distritos de Faro, Castelo Branco, Beja e Santarém apresentam hoje risco elevado de incêndio, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

(Lusa/ Arquivo)

(Lusa/ Arquivo)

Miguel Pereira da Silva

De acordo com informação disponível às 06:00 na página do IPMA na Internet, em risco 'Elevado' de incêndio estão os concelhos de Mação e Sardoal (Santarém), Vila de Rei (Castelo Branco), Barrancos (Beja), Monchique e Portimão (Faro).

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, que podem variar entre 'Reduzido' e 'Máximo'.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 em cada dia, relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Quanto ao estado do tempo, o instituto prevê para hoje no continente períodos de céu pouco nublado ou limpo, aumentando temporariamente de nebulosidade, em especial por nuvens altas, a partir do início da manhã, vento fraco, tornando-se moderado do quadrante oeste a partir da tarde no litoral a sul do Cabo Carvoeiro e pequena descida da temperatura máxima nas regiões do litoral oeste.

Na Madeira, prevê-se céu com períodos de muita nebulosidade, tornando-se geralmente muito nublado a partir do meio da tarde e com possibilidade de ocorrência de períodos de chuva fraca ou chuvisco para o final do dia e vento fraco, soprando temporariamente moderado de noroeste nas zonas montanhosas.

Para o grupo ocidental (Flores e Corvo) está previsto céu muito nublado com abertas para a tarde, períodos de chuva, passando a aguaceiros para a tarde e vento sul bonançoso a moderado, rodando gradualmente para oeste e tornando-se fresco a muito fresco com rajadas até 60 quilómetros por hora.

No grupo central (Graciosa, Terceira, São Jorge, Pico e Faial) prevê-se períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto, chuva em especial a partir da tarde e vento sudoeste bonançoso, soprando temporariamente de sul, tornando-se moderado a fresco com rajadas até 60 quilómetros por hora.

Para o grupo oriental (São Miguel e Santa Maria) a previsão aponta para períodos de céu muito nublado com boas abertas, tornando-se encoberto para a tarde, períodos de chuva a partir da tarde e vento oeste bonançoso, rodando para sudoeste e tornando-se moderado.

No que diz respeito às temperaturas, em Lisboa vão oscilar entre 17 e 27 graus Celsius, no Porto entre 14 e 23, em Viana do Castelo entre 12 e 23, em Vila Real entre 12 e 27, em Viseu entre 13 e 26, em Bragança entre 10 e 27, na Guarda entre 13 e 23, em Coimbra entre 14 e 27, em Castelo Branco entre 15 e 29, em Santarém entre 14 e 30, em Évora entre 14 e 32, em Beja entre 15 e 33, em Faro entre 19 e 27, no Funchal entre 18 e 23, em Ponta Delgada entre 16 e 21, na Horta entre 15 e 20 e em Santa Cruz das Flores entre 14 e 19.

Lusa

  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagar as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Turistas aproveitam nevão na Serra da Estrela
    1:23
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59
  • Dezenas de feridos em protestos contra decisão de Trump em Israel
    1:55
  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.