sicnot

Perfil

País

Risco elevado de incêndio em 6 concelhos de Faro, Beja, Castelo Branco e Santarém

Seis concelhos dos distritos de Faro, Castelo Branco, Beja e Santarém apresentam hoje risco elevado de incêndio, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

(Lusa/ Arquivo)

(Lusa/ Arquivo)

Miguel Pereira da Silva

De acordo com informação disponível às 06:00 na página do IPMA na Internet, em risco 'Elevado' de incêndio estão os concelhos de Mação e Sardoal (Santarém), Vila de Rei (Castelo Branco), Barrancos (Beja), Monchique e Portimão (Faro).

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, que podem variar entre 'Reduzido' e 'Máximo'.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 em cada dia, relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Quanto ao estado do tempo, o instituto prevê para hoje no continente períodos de céu pouco nublado ou limpo, aumentando temporariamente de nebulosidade, em especial por nuvens altas, a partir do início da manhã, vento fraco, tornando-se moderado do quadrante oeste a partir da tarde no litoral a sul do Cabo Carvoeiro e pequena descida da temperatura máxima nas regiões do litoral oeste.

Na Madeira, prevê-se céu com períodos de muita nebulosidade, tornando-se geralmente muito nublado a partir do meio da tarde e com possibilidade de ocorrência de períodos de chuva fraca ou chuvisco para o final do dia e vento fraco, soprando temporariamente moderado de noroeste nas zonas montanhosas.

Para o grupo ocidental (Flores e Corvo) está previsto céu muito nublado com abertas para a tarde, períodos de chuva, passando a aguaceiros para a tarde e vento sul bonançoso a moderado, rodando gradualmente para oeste e tornando-se fresco a muito fresco com rajadas até 60 quilómetros por hora.

No grupo central (Graciosa, Terceira, São Jorge, Pico e Faial) prevê-se períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto, chuva em especial a partir da tarde e vento sudoeste bonançoso, soprando temporariamente de sul, tornando-se moderado a fresco com rajadas até 60 quilómetros por hora.

Para o grupo oriental (São Miguel e Santa Maria) a previsão aponta para períodos de céu muito nublado com boas abertas, tornando-se encoberto para a tarde, períodos de chuva a partir da tarde e vento oeste bonançoso, rodando para sudoeste e tornando-se moderado.

No que diz respeito às temperaturas, em Lisboa vão oscilar entre 17 e 27 graus Celsius, no Porto entre 14 e 23, em Viana do Castelo entre 12 e 23, em Vila Real entre 12 e 27, em Viseu entre 13 e 26, em Bragança entre 10 e 27, na Guarda entre 13 e 23, em Coimbra entre 14 e 27, em Castelo Branco entre 15 e 29, em Santarém entre 14 e 30, em Évora entre 14 e 32, em Beja entre 15 e 33, em Faro entre 19 e 27, no Funchal entre 18 e 23, em Ponta Delgada entre 16 e 21, na Horta entre 15 e 20 e em Santa Cruz das Flores entre 14 e 19.

Lusa

  • O tempo para hoje
    0:42

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê para hoje tempo frio com céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade na região Sul, em especial no interior. Vento fraco a moderado (10 a 25 km/h) predominando de nordeste, soprando moderado a forte (30 a 40 km/h) nas terras altas. Formação de geada, em especial nas regiões do interior. Pequena descida da temperatura mínima. Pequena subida da temperatura máxima na região Sul.

  • As alterações na carta de condução que ajudam a poupar
    6:16
  • George H. Bush nos cuidados intensivos e mulher também hospitalizada

    Mundo

    O antigo Presidente dos Estados Unidos da América e a sua mulher estão hospitalizados em Houston, no Texas. George H. W. Bush foi admitido no sábado, devido a um problema respiratório derivado de pneumonia, enquanto Barbara Bush entrou esta quarta-feira no hospital, por sintomas de fadiga e tosse.

  • Nevão provocou corte de energia no centro dos EUA
    1:37

    Mundo

    Uma tempestade de neve no centro dos Estados Unidos da América provocou cortes no abastecimento de eletricidade, atrasos em voos e dificuldades na circulação rodoviária. Em Espanha, a descida das temperaturas levou à emissão de avisos em 30 províncias de norte a sul do país e deixou 27.700 alunos sem aulas em Valência.

  • Cadela sobrevive após engolir faca de cozinha

    Mundo

    Na Escócia, uma história de sobrevivência, no mínimo, bicuda. Uma cadela engoliu uma faca de cozinha com mais de 20 centímetros, manteve-a dentro de si durante algumas semanas mas sobreviveu, depois de ser operada de urgência..