sicnot

Perfil

País

Risco elevado de incêndio em 6 concelhos de Faro, Beja, Castelo Branco e Santarém

Seis concelhos dos distritos de Faro, Castelo Branco, Beja e Santarém apresentam hoje risco elevado de incêndio, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

(Lusa/ Arquivo)

(Lusa/ Arquivo)

Miguel Pereira da Silva

De acordo com informação disponível às 06:00 na página do IPMA na Internet, em risco 'Elevado' de incêndio estão os concelhos de Mação e Sardoal (Santarém), Vila de Rei (Castelo Branco), Barrancos (Beja), Monchique e Portimão (Faro).

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, que podem variar entre 'Reduzido' e 'Máximo'.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 em cada dia, relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Quanto ao estado do tempo, o instituto prevê para hoje no continente períodos de céu pouco nublado ou limpo, aumentando temporariamente de nebulosidade, em especial por nuvens altas, a partir do início da manhã, vento fraco, tornando-se moderado do quadrante oeste a partir da tarde no litoral a sul do Cabo Carvoeiro e pequena descida da temperatura máxima nas regiões do litoral oeste.

Na Madeira, prevê-se céu com períodos de muita nebulosidade, tornando-se geralmente muito nublado a partir do meio da tarde e com possibilidade de ocorrência de períodos de chuva fraca ou chuvisco para o final do dia e vento fraco, soprando temporariamente moderado de noroeste nas zonas montanhosas.

Para o grupo ocidental (Flores e Corvo) está previsto céu muito nublado com abertas para a tarde, períodos de chuva, passando a aguaceiros para a tarde e vento sul bonançoso a moderado, rodando gradualmente para oeste e tornando-se fresco a muito fresco com rajadas até 60 quilómetros por hora.

No grupo central (Graciosa, Terceira, São Jorge, Pico e Faial) prevê-se períodos de céu muito nublado, tornando-se encoberto, chuva em especial a partir da tarde e vento sudoeste bonançoso, soprando temporariamente de sul, tornando-se moderado a fresco com rajadas até 60 quilómetros por hora.

Para o grupo oriental (São Miguel e Santa Maria) a previsão aponta para períodos de céu muito nublado com boas abertas, tornando-se encoberto para a tarde, períodos de chuva a partir da tarde e vento oeste bonançoso, rodando para sudoeste e tornando-se moderado.

No que diz respeito às temperaturas, em Lisboa vão oscilar entre 17 e 27 graus Celsius, no Porto entre 14 e 23, em Viana do Castelo entre 12 e 23, em Vila Real entre 12 e 27, em Viseu entre 13 e 26, em Bragança entre 10 e 27, na Guarda entre 13 e 23, em Coimbra entre 14 e 27, em Castelo Branco entre 15 e 29, em Santarém entre 14 e 30, em Évora entre 14 e 32, em Beja entre 15 e 33, em Faro entre 19 e 27, no Funchal entre 18 e 23, em Ponta Delgada entre 16 e 21, na Horta entre 15 e 20 e em Santa Cruz das Flores entre 14 e 19.

Lusa

  • "Nobel é um incentivo para toda uma nação"
    1:19

    Mundo

    O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos recebeu ao início da tarde na Noruega o prémio pelo trabalho que desenvolveu junto das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, FARC. As cerimónias são este sábado e marcadas pela ausência do Nobel da Literatura, Bob Dylan.

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55

    Football Leaks

    Com o escândalo dos agentes de futebol a dar que falar, o Expresso revela este sábado os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa. O nome da empresa de que é administrador, a Energy Soccer, surge na investigação em transferências de jogadores que envolvem o Futebol Clube do Porto num conflito de interesses.