sicnot

Perfil

País

Túnel do Marão atravessado por 300 mil veículos no primeiro mês

O Túnel do Marão foi atravessado por cerca de 300.000 veículos no primeiro mês após a entrada em funcionamento, correspondendo a um tráfego médio diário de 10.803 viaturas, segundo dados da Infraestruturas de Portugal (IP).

ESTELA SILVA

A Autoestrada do Marão -- Túnel do Marão, entre Vila Real e Amarante, abriu ao trânsito a 08 de maio, horas depois de ter sido inaugurado pelo primeiro-ministro, António Costa.

Foi num domingo e, logo nesse dia, o túnel com quase seis quilómetros foi atravessado por 17.826 viaturas.

De acordo com os dados fornecidos hoje à agência Lusa pela IP, desde a sua entrada em serviço mais de 300.000 veículos já atravessaram o Túnel do Marão, correspondendo a um tráfego médio diário de 10.803 veículos.

Este volume de trânsito supera, de acordo com a empresa, "em 10% as estimativas definidas no cenário base, em se previa, para 2016, um tráfego médio de 9.882 veículos/dia" na nova autoestrada.

Segundo a IP, nos dias úteis da semana em que a maioria das deslocações é feita de, para e em trabalho, o tráfego médio situa-se nos 9.587 veículos diários. O volume de tráfego de pesados é da ordem dos 10%.

Mas tem sido enorme a curiosidade dos automobilistas em conhecer o túnel o que, talvez também contribua para o aumento do número de veículos que ali passam durante os fins de semana, que se situou sempre acima dos 12.000.

E nestas primeiras semanas, no IP4, aquela que foi durante quase três décadas a principal via de acesso de Trás-os-Montes ao litoral, registou uma quebra acentuada no volume de tráfego.

Houve claramente uma transferência do trânsito para a nova autoestrada, apesar das portagens cobradas de 1,95 euros (veículos classe 1), 3,40 euros (classe 2), 4,40 euros (classe 3) e 4,90 euros (classe 4).

A Autoestrada do Marão foi reivindicada durante anos pelos transmontanos para servir de alternativa ao sinuoso IP4, que foi palco para muitos e graves acidentes rodoviários.

O empreendimento começou a ser construído em 2009 e, depois de três paragens e do resgate da obra durante o Governo de Passos Coelho, entrou em funcionamento em maio de 2016.

  • Vala comum com 6 mil corpos em Mossul
    1:43
  • À redescoberta da Madeira, 16 anos depois
    1:59
  • A menina que os pais queriam chamar "Allah"

    Mundo

    ZalyKha Graceful Lorraina Allah tem 22 meses, anda não sabe ler nem escrever mas já está no centro de um processo judicial contra o Estado da Georgia, nos EUA. Os pais, Elizabeth Handy e Bilal Walk, apoiados por uma ONG, exigem na justiça que o nome seja reconhecido na certidão de nascimento para que a criança possa ser inscrita na escola, na segurança social ou nos registos e notoriado. O casal já tem um filho de 3 anos que se chama Masterful Mosirah Aly Allah.

  • Samsung vai vender modelos reparados do Galaxy Note 7

    Economia

    A Samsung Electronics anunciou hoje que vai vender e alugar telemóveis reparados do modelo Galaxy Note 7 depois de no ano passado a empresa ter decidido suspender a respetiva produção devido a incêndios nas baterrias de íon-lítio.

  • Acidentes em falésias matam 94 pescadores lúdicos

    País

    Mais de 90 pescadores lúdicos morreram nos últimos 19 anos e 137 ficaram feridos em 252 acidentes registados em zona rochosa ou em falésia, a maioria na zona de Lagos, Faro, segundo dados da Autoridade Marítima Nacional.