sicnot

Perfil

País

Comissão Nacional do PS elege os órgãos de direção na quarta-feira

A Comissão Nacional do PS eleita no domingo passado em congresso vai reunir-se pela primeira vez na quarta-feira para eleger a Comissão Política e o Secretariado Nacional deste partido, confirmou hoje à agência Lusa fonte oficial socialista.

Ao contrário do caso excecional ocorrido no congresso de 2014, que elegeu imediatamente todos os órgãos de direção do PS por "motivos de urgência" após uma prolongada crise interna, a Comissão Nacional do PS volta agora a eleger na sua primeira reunião as comissões Política (o órgão de direção alargada) e o Secretariado (o núcleo executivo).

No domingo, no encerramento do congresso, a lista para a Comissão Nacional apoiada pelo líder, António Costa, e encabeçada pela secretária-geral adjunta, Ana Catarina Mendes, elegeu 233 dos 251 lugares efetivos - uma votação correspondente a 92,8% dos votos.

A lista alternativa, encabeçada pelo candidato derrotado nas eleições diretas do PS, Daniel Adrião, obteve 18 lugares na nova Comissão Nacional, o órgão máximo partidário entre congressos.

Daniel Adrião também já manifestou a sua intenção de apresentar na próxima quarta-feira uma lista alternativa para a Comissão Política Nacional do PS, esperando eleger entre seis a oito elementos num total de 71 efetivos.

Pela parte da direção António Costa, espera-se a manutenção na sua lista para a Comissão Política Nacional do PS de alguns membros que fizeram parte das equipas de António José Seguro entre 2011 e 2014, casos do secretário de Estado Jorge Seguro, do deputado Eurico Brilhante Dias e do ex-dirigente Álvaro Beleza.

Já a equipa do Secretariado Nacional do PS, será eleita em bloco por proposta do secretário-geral socialista, António Costa.

Lusa

  • PS venceria sem maioria se as legislativas fossem hoje
    1:46

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa continua a liderar destacado na popularidade dos políticos. Quanto a eleições legislativas, se fossem hoje o Partido Socialista venceria, mas sem maioria. Este é o resultado do barómetro SIC/Expresso para o mês de junho.

  • Incêndio em Lisboa faz um ferido
    4:13

    País

    Um incêndio de grandes dimensões deflagrou esta segunda-feira numa loja, na Avenida de Berlim, em Lisboa. O repórter André Palma esteve no local, onde ouviu o comandante dos Sapadores Bombeiros de Lisboa. Pedro Patricio confirmou que foi assistida uma pessoa por inalação de fumos e, por questões de segurança, os veículos estacionados perto do local foram retirados, assim como foi pedido às pessoas dos prédios à volta que saíssem por causa do fumo. O incêndio foi dominado.

  • "Rui Rio avisou que vinha para partir loiça dentro do PSD"
    3:00
  • Hugo Soares não deverá continuar como líder parlamentar do PSD
    3:17

    País

    Rui Rio não deverá manter Hugo Soares na liderança parlamentar do PSD. Fonte próxima do novo presidente social-democrata diz à SIC que dificilmente o líder da bancada poderá continuar no cargo. Aumenta a pressão para que Hugo Soares ponha o lugar à disposição e já começam a surgir nomes para o substituir.

  • Suspeita de militantes fantasma no PSD
    4:22

    País

    Perante a suspeita de militantes fantasma e de caciquismo, Salvador Malheiro, diretor de campanha de Rui Rio, diz que o ato eleitoral foi devidamente fiscalizado. Uma investigação do jornal Expresso encontrou oito filiados numa morada que não existe e 17 militantes com morada numa casa onde vivem nove pessoas e nenhuma é do PSD. A associação cívica Transparência e Integridade fala num vazio legal e em falta de regulamentação.

  • Cristiano Ronaldo está insatisfeito com o salário e pode sair do Real Madrid
    2:38