sicnot

Perfil

País

Dez concelhos em risco muito elevado de incêndio

Dez concelhos do país apresentam hoje risco muito elevado de incêndio, segundo informação do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). De acordo com a informação disponível no site do IPMA, estão em risco muito elevado de incêndio os concelhos de Oleiros, Mação, Sardoal, Vila de Rei, Barrancos, Portimão, Alcoutim, Tavira, São Brás de Alportel e Loulé.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Rafael Marchante / Reuters

O mapa de Portugal continental apresenta ainda os concelhos dos distritos do interior centro e sul 'pintados' a laranja, cor que determina o risco de elevado de incêndio, enquanto os concelhos dos distritos do litoral norte e centro apresentam-se a verde, cor que circunscreve o risco de incêndio a reduzido.

O risco de incêndio determinado pelo IPMA engloba cinco níveis, que podem variar entre Reduzido e Máximo.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 em cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Para hoje, o IPMA prevê céu geralmente pouco nublado por nuvens altas, tornando-se muito nublado nas regiões norte e centro a partir do fim da tarde, com possibilidade de chuva fraca no Minho e Douro Litoral.

O vento será fraco a moderado de noroeste, tornando-se moderado a forte a partir da tarde, no litoral a sul do Cabo Carvoeiro e nas terras altas.

O instituto prevê ainda a possibilidade de neblina ou nevoeiro em alguns locais do litoral a norte do Cabo Carvoeiro até ao início da manhã, além de uma pequena descida da temperatura máxima.

Nos Açores, o IPMA prevê para o conjunto das nove ilhas, céu geralmente muito nublado e períodos de chuva.

Para a Madeira, são esperados períodos de céu muito nublado, com o vento a soprar em geral fraco do quadrante norte, tornando-se a moderado a partir da tarde e uma pequena subida da temperatura máxima.

Quanto às temperaturas, em Lisboa vão oscilar entre 17 e 27 graus Celsius, no Porto entre 16 e 21, em Vila Real entre 15 e 28, em Viseu e na Guarda entre 14 e 26, em Bragança entre 14 e 32, em Coimbra entre 14 e 31, em Castelo Branco entre 18 e 35, em Santarém entre 15 e 31, em Évora entre 17 e 31, em Beja entre 18 e 34, em Faro entre 22 e 34, no Funchal entre 21 e 28, em Ponta Delgada entre 15 e 21, Angra do Heroísmo entre 14 e 20 e Santa Cruz das Flores entre 15 e 21.

Lusa

  • O tempo para hoje
    0:30

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmofera (IPMA) prevê para hoje céu geralmente pouco nublado, tornando-se muito nublado nas regiões Norte e Centro a partir do fim da tarde, com possibilidade de chuva fraca no Minho e Douto Litoral.

  • Morte de portuguesa no Luxemburgo afinal não aconteceu

    País

    A morte de uma portuguesa em Bettembourg, no sul do Luxemburgo, não terá acontecido. O Jornal do Luxemburgo avançou, esta manhã, que a emigrante portuguesa tinha sido baleada mortamente pelo filho, uma informação entretanto desmentida por outro jornal online. Segundo o Bom Dia Luxemburgo, o que aconteceu foi afinal uma rusga policial.

  • Estamos quase na hora de verão

    País

    Esta madrugada muda a hora. Quando for 1h00, os relógios adiantam para as 2h00. Será uma noite com menos tempo de sono, mas os dias vão ficar mais longos com o chamado horário de verão.

  • Hora do Planeta, apagam-se as luzes para despertar consciências
    2:19
  • Divorciados vão poder dividir filhos no IRS 

    Economia

    Os divorciados vão passar a poder dividir os filhos no IRS (imposto sobre o rendimento singular) e o Governo está a estudar soluções para que em 2018 haja um novo sistema para lidar com a guarda conjunta de filhos.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Ataques aéreos dos EUA em Mossul podem ter causado a morte de 200 civis
    1:22
  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.

  • Quando o cancro chega por mero acaso
    1:55

    Mundo

    Cerca de dois terços das mutações que ocorrem nas células cancerígenas devem-se ao acaso, segundo um estudo da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. Em Portugal, o Diretor do Programa Nacional Doenças Oncológicas alerta para a importância de um diagnóstico precoce e um estilo de vida saudável como forma de reduzir a fatalidade.