sicnot

Perfil

País

Moção encabeçada por Catarina Martins recolhe 444 votos de um total de 535

A moção política encabeçada por Catarina Martins e afeta à direção do Bloco de Esquerda (BE) foi a mais votada na X Convenção bloquista, que hoje termina, recolhendo 444 votos de um total de 535.

TIAGO PETINGA

A moção A - "Força da Esperança - O Bloco à Conquista da Maioria" recolheu 444 votos, que comparam com 58 da moção R - "Crescer pela Raiz - A radicalidade de reinventar a política", encabeçada por Catarina Príncipe, e 32 da moção B - "Mais Bloco" cujo primeiro subscritor é João Madeira.

Houve também uma abstenção na votação, indicou a bloquista e ex-deputada Helena Pinto, que preside aos trabalhos da reunião magna do partido.

Antes, nas intervenções de fecho do debate das moções políticas, o deputado Jorge Costa - representando a moção A de Catarina Martins vincou que o partido não está numa "coligação" com o PS nem estabeleceu um acordo de Governo com os socialistas.

"Não somos o CDS do PS", declarou Jorge Costa.

Por seu lado, o representante da moção R Carlos Carujo lançou críticas à direção bloquista, que, advogou, "não deu explicações" na Convenção sobre as negociações com o PS e Governo para o próximo Orçamento do Estado e eventuais alianças pré-eleitorais nas autárquicas de 2017.

Lusa

  • Governo enfrenta vaga de contestação
    2:35

    Economia

    O Governo enfrenta uma onda de contestação. Guardas prisionais, procuradores, professores, médicos e enfermeiros descontentes ameaçam com greves nos diferentes setores, já nos meses de março e abril.

  • Proposta criação de 77 mil empregos através de uma descida da TSU
    1:23
  • Alertas de fogos e outras catástrofes por SMS

    País

    As operadoras de telecomunicações deverão começar já este ano a enviar mensagens de alerta em caso de catástrofes. O sistema de avisos à população deverá entrar em vigor ainda antes da época de incêndios

  • Os grandes desafios de Rui Rio, segundo Poiares Maduro
    7:43

    O ex-ministro de Pedro Passos Coelho, Miguel Poiares Maduro, falou com a SIC sobre o que reserva o futuro para o PSD e quais serão os principais desafios na área económica para a liderança de Rui Rio. O défice, a descentralização, o próximo Orçamento do Estado e a eventualidade de um bloco central foram alguns dos temas da conversa. Uma entrevista transmitida esta quarta-feira, no programa Negócios da Semana.

  • 296 mortos em 2 dias de bombardeamentos em Ghouta Oriental
    2:16
  • Tiroteio na Florida foi o 18.º registado em meio escolar nos EUA desde janeiro
    1:25
  • Quem é Elon Musk?
    9:42