sicnot

Perfil

País

Maioria de esquerda chumba nove projetos do CDS-PP dedicados à natalidade

A maioria de esquerda chumbou hoje os nove projetos de lei do CDS-PP dedicados à natalidade que tinham baixado à comissão parlamentar sem votação quando em maio os centristas levaram aquele pacote legislativo a plenário.

(Arquivo)

(Arquivo)

Com o chumbo por PS, BE, PCP e PEV destes nove projetos de lei fica concluída a recusa integral pela maioria de esquerda do pacote legislativo da natalidade do CDS-PP.

Em causa estão iniciativas para o alargamento do gozo da licença parental complementar e da licença para assistência a filho aos avós, o aumento da licença parental exclusiva do pai, o aumento da duração da licença parental inicial a partir do terceiro filho e para a criação de uma licença parental pré-natal.

O aumento da duração da licença parental inicial para os 210 dias, o estabelecimento de uma dispensa para assistência a filho em substituição da dispensa para amamentação ou aleitação, a criação do subsídio pré-natal e o subsídio parental para nascimento prematuro, e a criação da licença parental para nascimento prematuro, encontram-se também entre os projetos chumbados.

Os partidos que apoiam o governo votaram contra todas as iniciativas, o PSD esteve sempre ao lado do seu antigo parceiro de coligação, votando a favor, com exceção do aumento da duração da licença parental para 210 dias, em que se absteve.

O voto contra do PS inviabilizou também um projeto de lei do BE para o alargamento da licença parental inicial e o período para dispensa de aleitação. PSD e CDS abstiveram-se neste projeto.

O projeto de lei apresentado pelo PAN (Pessoas-Animais-Natureza), para o reforço do regime de proteção na parentalidade, foi também chumbado, com os votos contra do PSD, PS e CDS-PP e os votos favoráveis dos restantes partidos.

Lusa

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.