sicnot

Perfil

País

Tribunal aceita providência cautelar interposta por colégio

O Tribunal Administrativo e Fiscal de Braga aceitou uma providência cautelar interposta por um colégio financiado pelo Estado.

SIC

Por decisão dos juízes, será suspenso provisoriamente o despacho que determina que os alunos têm de viver na mesma freguesia onde o colégio está implementado.

A Associação de Estabelecimentos de Ensino Particular diz esperar que o Ministério revogue de imediato as normas.

Em resposta, a tutela esclarece que a decisão só tem impacto nas matrículas e não na abertura de ciclos.

Na prática a decisão do tribunal permite que os alunos já inseridos nas turmas continuem o percurso no respectivo ciclo, independentemente da origem geográfica do aluno.

O Ministério encara o processo com "normalidade", lembra que, em 20 providências cautelares, apenas uma foi decretada provisoriamente.

  • Estado financiou ensino privado com 4,4 milhões de euros em 16 anos
    1:35

    País

    Nos últimos 16 anos, o Estado financiou o ensino privado com 4,4 milhões de euros. As transferências para os colégios privados com contratos de associação foram em média entre 240 e 360 milhões de euros. Os números são de um estudo do economista Eugénio Rosa e foram divulgadas pele FENPROF.

  • Manifestantes no Porto contra cortes nos colégios defendem liberdade de escolha
    1:35

    País

    Os pais dos alunos dos colégios privados que perderam os contratos de associação podem não aceitar matricular os filhos na escola pública. A possibilidade de boicote está a ser analisada ao mesmo tempo que os protestos regressaram hoje à rua, na cidade do Porto. Os manifestantes criticam o corte de financiamento do Estado e defendem o direito à liberdade de escolha.

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.