sicnot

Perfil

País

Médias do 9º ano descem a Português e Matemática

As médias dos exames do 9.º ano baixaram, face a 2015, um ponto percentual tanto a Português como em Matemática, revelam os resultados hoje divulgados pelo Ministério da Educação, relativos à primeira fase.

(Lusa/Arquivo)

(Lusa/Arquivo)

ARMENIO BELO

A média na prova de Português, realizada por 90.545 alunos, situou-se em 57%, contra 58% em 2015, e no exame de Matemática (94.579 alunos) a média passou de 48% para 47% este ano.

No que diz respeito a reprovações, os resultados melhoraram a Português com a taxa a diminuir de 10% (em 2015) para 8%. Já em Matemática, registou-se um agravamento de dois pontos percentuais, com a taxa de reprovação a subir de 32% para 34%.

As provas finais do 3.º Ciclo foram realizadas pelos alunos do 9.º ano em 1.232 escolas, incluindo os estabelecimentos de ensino no estrangeiro com currículo português.

De acordo com o Ministério da Educação, estiveram envolvidos 4.088 professores no processo de classificação e cerca de 10 mil na vigilância dos exames.

"Na prova de Português observou-se que cerca de 73% dos alunos obteve uma classificação igual ou superior a 50%, sendo que na prova de Matemática, cerca de metade dos alunos obteve classificação igual ou superior a 50%", sublinha o Ministério em comunicado.

A tutela considera que se verificaram "correlações positivas bastante acentuadas" entre as classificações internas atribuídas pelas escolas e as notas dos exames.

"Relativamente à taxa de reprovação, salienta-se uma certa estabilidade relativamente ao ano de 2014", acrescenta.

Com Lusa

  • Militar ferido com gravidade em acidente com Pandur
    1:19

    País

    O acidente em Vila Real que envolveu uma viatura militar fez três feridos. Uma das vítimas ficou em estado grave e teve de ser transportada de helicóptero para o Hospital Santo António do Porto. O militar ficou encarcerado no veículo blindado, o que dificultou os trabalhos de socorro.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".