sicnot

Perfil

País

GNR resgatou onze migrantes de um barco de borracha no mar Egeu

Onze migrantes foram resgatados na terça-feira, no mar Egeu, pelos militares da GNR destacados na missão da Agência Europeia de Gestão da Cooperação Operacional nas Fronteiras Externas dos Estados-Membros da União Europeia (Frontex), na Grécia.

(Arquivo/Reuters)

(Arquivo/Reuters)

© Yannis Behrakis / Reuters

Um comunicado hoje divulgado, precisa que aqueles elementos da Unidade de Controlo Costeiro detetaram e resgataram, na madrugada de terça-feira, próximo da ilha de Kos, na Grécia, uma embarcação de borracha, com onze homens a bordo.

"Os militares da GNR detetaram, através de uma câmara térmica, a embarcação", e deslocaram-se para o local "onde encontraram todos os ocupantes da embarcação na água". "Os migrantes foram resgatados em segurança, não apresentando ferimentos", adianta a GNR.

A embarcação intercetada atravessava o mar Egeu, entre a Turquia e a ilha de Kos, com o objetivo de alcançar território europeu.

A GNR participa, desde o dia 1 de abril, na missão da FRONTEX nas ilhas gregas de Chios e Kos com 32 militares.

O principal objetivo da operação é prevenir, detetar e fazer cessar ilícitos relacionados com a migração ilegal, o tráfico de seres humanos e o tráfico de droga, contribuindo para a salvaguarda de vidas humanas no mar.

Desde o início da operação Frontex, a GNR resgatou 495 migrantes.

Lusa

  • Coutinho e Neymar salvam Brasil de empatar com a Costa Rica já na compensação

    Mundial 2018 / Brasil

    O Brasil venceu a Costa Rica por 2-0 numa partida a contar para a 2ª jornada do grupo E do Mundial da Rússia. Contas feitas, o Brasil sobe para o primeiro lugar do grupo, com 4 pontos, seguido da Sérvia com 3 pontos. A Suíça (1 ponto) e a Costa Rica (0 pontos) ocupam, assim, os últimos lugares da tabela.

  • Moutinho e Rafael Guerreiro de "baixa", Fonte disponível "para tocar bombo"
    1:52
  • Mulher morre após ser mandada para casa pelo Centro Hospitalar do Oeste
    2:23

    País

    Uma mulher morreu depois de ter tido alta no Centro Hospitalar do Oeste. Há fortes suspeitas que tenha sido vítima de um diagnóstico mal feito por uma empresa de telemedicina. O Bastonário da Ordem dos Médicos quer avaliar todos os contratos do Estado com serviços de telemedicina e impedir que as empresas e os hospitais fujam às responsabilidades. Até agora ninguém foi responsabilizado, a família apresentou várias queixas e Entidade Reguladora da Saúde abriu um inquérito.

  • Antigo campeão nacional de Ori-BTT, de 19 anos, morreu em colisão com carro
    1:42

    País

    Um ciclista de 19 anos morreu e o pai ficou gravemente ferido, numa colisão com uma viatura que fazia uma inversão de marcha, em Loulé, na quarta-feira. Quando o acidente aconteceu, o jovem estava a treinar para um campeonato na Hungria, onde ia participar dentro de poucos dias. Duarte Lourenço, que chegou a ser campeão nacional de Ori-BTT, pertencia ao escalão de Juniores, devido à sua idade, mas por vontade própria fazia escalão Sénior.