sicnot

Perfil

País

GNR resgatou onze migrantes de um barco de borracha no mar Egeu

Onze migrantes foram resgatados na terça-feira, no mar Egeu, pelos militares da GNR destacados na missão da Agência Europeia de Gestão da Cooperação Operacional nas Fronteiras Externas dos Estados-Membros da União Europeia (Frontex), na Grécia.

(Arquivo/Reuters)

(Arquivo/Reuters)

© Yannis Behrakis / Reuters

Um comunicado hoje divulgado, precisa que aqueles elementos da Unidade de Controlo Costeiro detetaram e resgataram, na madrugada de terça-feira, próximo da ilha de Kos, na Grécia, uma embarcação de borracha, com onze homens a bordo.

"Os militares da GNR detetaram, através de uma câmara térmica, a embarcação", e deslocaram-se para o local "onde encontraram todos os ocupantes da embarcação na água". "Os migrantes foram resgatados em segurança, não apresentando ferimentos", adianta a GNR.

A embarcação intercetada atravessava o mar Egeu, entre a Turquia e a ilha de Kos, com o objetivo de alcançar território europeu.

A GNR participa, desde o dia 1 de abril, na missão da FRONTEX nas ilhas gregas de Chios e Kos com 32 militares.

O principal objetivo da operação é prevenir, detetar e fazer cessar ilícitos relacionados com a migração ilegal, o tráfico de seres humanos e o tráfico de droga, contribuindo para a salvaguarda de vidas humanas no mar.

Desde o início da operação Frontex, a GNR resgatou 495 migrantes.

Lusa

  • A estreia de Centeno como líder do Eurogrupo
    1:56
  • Puigdemont chegou à Dinamarca e não foi detido

    Mundo

    A Justiça espanhola pediu à Dinamarca para ativar a ordem de detenção europeia contra Carles Puigdemont, que ignorou as ameaças de detenção e decidiu deslocar-se a Copenhaga para participar numa conferência. Entretanto na Catalunha, o presidente do parlamento propôs Puigdemont para voltar a dirigir o Governo Regional.

  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

    Luís Marques Mendes

  • O caso Assange é "um problema" para o Equador

    Mundo

    O Presidente equatoriano, Lenin Moreno, declarou no domingo que o asilo atribuído ao fundador do WikiLeaks, Julian Assange, pela embaixada do Equador em Londres desde 2012 é "um problema herdado" que constitui "mais que um aborrecimento".