sicnot

Perfil

País

GNR resgatou onze migrantes de um barco de borracha no mar Egeu

Onze migrantes foram resgatados na terça-feira, no mar Egeu, pelos militares da GNR destacados na missão da Agência Europeia de Gestão da Cooperação Operacional nas Fronteiras Externas dos Estados-Membros da União Europeia (Frontex), na Grécia.

(Arquivo/Reuters)

(Arquivo/Reuters)

© Yannis Behrakis / Reuters

Um comunicado hoje divulgado, precisa que aqueles elementos da Unidade de Controlo Costeiro detetaram e resgataram, na madrugada de terça-feira, próximo da ilha de Kos, na Grécia, uma embarcação de borracha, com onze homens a bordo.

"Os militares da GNR detetaram, através de uma câmara térmica, a embarcação", e deslocaram-se para o local "onde encontraram todos os ocupantes da embarcação na água". "Os migrantes foram resgatados em segurança, não apresentando ferimentos", adianta a GNR.

A embarcação intercetada atravessava o mar Egeu, entre a Turquia e a ilha de Kos, com o objetivo de alcançar território europeu.

A GNR participa, desde o dia 1 de abril, na missão da FRONTEX nas ilhas gregas de Chios e Kos com 32 militares.

O principal objetivo da operação é prevenir, detetar e fazer cessar ilícitos relacionados com a migração ilegal, o tráfico de seres humanos e o tráfico de droga, contribuindo para a salvaguarda de vidas humanas no mar.

Desde o início da operação Frontex, a GNR resgatou 495 migrantes.

Lusa

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.