sicnot

Perfil

País

Fogo em Évora dominado sem atingir habitações

O incêndio que deflagrou hoje à tarde na periferia de Évora foi dominado pelos bombeiros cerca das 16:20, sem causar danos pessoais, nem atingir quaisquer habitações, disse à agência Lusa o comandante operacional distrital, José Ribeiro.

(Arquivo)

(Arquivo)

PAULO CUNHA

Segundo o mesmo responsável, o fogo destruiu uma área ainda por calcular de pasto, mato, arvoredo e um palheiro, no alto de S. Bento de Cástris, onde se localizam algumas quintas e habitações, a cerca de dois quilómetros da cidade de Évora.

O combate às chamas, que envolveu três meios aéreos e mais de uma centena de operacionais, foi dificultado pelo vento e pela existência de muitas casas na zona, cuja defesa ocupou inicialmente os bombeiros, referiu.

O responsável pelo Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora explicou que o vento motivou a propagação das chamas, que chegaram a lavrar em duas frentes.

As causas do incêndio estão a ser investigadas pela Polícia Judiciária (PJ), que esteve durante a tarde no local a recolher vestígios e indícios, adiantou à Lusa fonte policial.

A mesma fonte frisou ser ainda "prematuro" indicar eventuais causas do fogo, cuja investigação é da competência da PJ.

Depois de dominarem o fogo, segundo José Ribeiro, os bombeiros vão permanecer na área afetada para as operações de rescaldo, que prevê "demoradas".

O alerta foi dado às 13:43, tendo o combate mobilizado um total de 169 operacionais e 52 viaturas das várias corporações de bombeiros da região, com o auxílio de um helicóptero e de dois aviões bombardeiros.

O fogo condicionou o trânsito na zona, incluindo na estrada que liga Évora à vila de Arraiolos.

Lusa

  • "Já só lhes resta uma coisa: bisbilhotar comunicações privadas"
    2:57

    Caso CGD

    O primeiro-ministro diz que o PSD atingiu o grau zero da política, quando chegou à "bisbilhotice" de querer ver as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues. A polémica da Caixa Geral de Depósitos voltou a marcar o debate quinzenal, com António Costa a garantir que nunca esteve em causa a entrega de declarações da administração. Já o PSD e o CDS a acusaram o Governo de violar as regras da transparência e de oprimir os direitos da oposição.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.