sicnot

Perfil

País

Crianças, idosos e doentes devem proteger-se das altas temperaturas nos próximos dias

A Direção Geral da Saúde (DGS) apela à população para se proteger das altas temperaturas esperadas para os próximos dias, evitando a praia nas horas de maior calor, e recomenda um especial cuidado com as crianças, idosos e doentes crónicos.

Ao longo do dia de hoje, a DGS tem emitido vários avisos à população com vista à proteção dos cidadãos mais vulneráveis - idosos, crianças e doentes com problemas crónicos) -- no sentido destes se protegerem, face ao previsto aumento das temperaturas.

Andreia Silva, diretora do serviço de prevenção da doença e promoção da saúde da DGS, disse à agência Lusa que a população pode prosseguir as suas atividades, mas adequando os seus comportamentos aos locais e horas de exposição ao calor.

Em relação à praia, por exemplo, o que a DGS recomenda é que as pessoas se protejam do sol e do calor no período mais crítico: entre as 11:00 e as 17:00.

O objetivo destas medidas preventivas é evitar os efeitos negativos do calor, que são mais intensos nas crianças, nos idosos e nos doentes.

Segundo Andreia Silva, não é necessário o cancelamento dos eventos característicos desta época do ano, como festivais, concertos, etc, mas as pessoas devem resguardar-se do sol e do calor, estarem hidratadas e manterem o corpo fresco.

Um dos eventos previsto para este fim-de-semana é a Tall Ships Race, uma regata que levará dezenas de barcos à zona entre Santa Apolónia e o Terreiro do Paço, em Lisboa, e que deverá reunir à sua volta milhares de pessoas.

A DGS já tomou medidas no sentido de serem minimizados os efeitos das altas temperaturas nos visitantes deste evento.

O tempo quente e seco estará de regresso no fim de semana, com previsão de temperaturas máximas de 39/40 graus e mínimas a rondar os 20, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Segundo o IPMA, as temperaturas mínimas vão subir no sábado e no domingo, ficando próximas dos 20 graus, podendo em algumas regiões ser superiores.

Lusa

  • Costa preparado para falar da renegociação da dívida no plano europeu
    2:24

    País

    O primeiro-ministro não quer quebrar com as regras impostas pela UE e não vai dar o primeiro passo na renegociação da dívida, mas estará na linha da frente quando Bruxelas ceder. Em entrevista à RTP, António Costa garante que o Governo cumpriu tudo aquilo que acordou com o presidente demissionário da Caixa Geral de Depósitos, António Domingues.

  • Nova Deli é "altamente tóxica" para os cidadãos

    Mundo

    Nova Deli foi considerada altamente tóxica para os cidadãos. A capital da Índia é considerada há mais de três anos a cidade mais poluída do mundo, mas só este ano se concluiu que é tão tóxica que é capaz de provocar doenças crónicas a quem lá vive.