sicnot

Perfil

País

Mais 217kg de cocaína encontrados em veleiro apreendido na Madeira

Lusa

A Polícia Judiciária (PJ) informou hoje ter apreendido mais 217 quilos de cocaína dissimulados a bordo de um veleiro aportado na ilha da Madeira, no qual já havia efetuado uma apreensão de 122 quilos no dia 18 de julho.

"Esta apreensão vem na sequência de uma outra, de 122 quilos do mesmo produto, efetuada no passado mês de julho e que levou à detenção de duas pessoas", pode ler-se no comunicado emitido pela PJ.

A apreensão decorreu no âmbito de uma operação do Departamento de Investigação Criminal do Funchal, que contou com a colaboração da Polícia Marítima.

No dia 18 de julho, a PJ anunciou ter apreendido um veleiro com 122 quilos de droga e ter detido os dois tripulantes, um espanhol e um uruguaio, com 42 anos.

A operação aconteceu na marina da Calheta, na zona oeste da ilha da Madeira, envolvendo uma embarcação chamada "Calma".

A droga encontrada nessa altura estava acondicionada em 105 pacotes prensados, com um valor calculado de 3,5 milhões de euros e que tinham a inscrição "Messi".

A mesma inscrição estava nas 181 embalagens da droga agora encontrada na popa do navio.

Com esta nova operação, a droga encontrada totaliza 339 quilos, o que representa "uma das maiores na Madeira", disse à Lusa fonte da PJ.

A mesma fonte mencionou que em 2015, numa investigação desenvolvida pelo departamento de Lisboa, aconteceu uma outra apreensão de grande dimensão, num navio no Caniçal, no concelho de Machico, que transportava "mais de uma tonelada de cocaína".

Os dois detidos estão em prisão preventiva no Estabelecimento Prisional do Funchal.

Lusa

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.