sicnot

Perfil

País

Proteção Civil da Madeira alerta para temperaturas elevadas nos próximos dias

O Serviço Regional de Proteção Civil da Madeira (SRPCM) emitiu hoje recomendações à população para minimizar os efeitos das temperaturas elevadas no arquipélago, colocado sob aviso amarelo e laranja até às 21h00 de sábado.

Numa nota, o SRPC refere que entre sexta-feira e o dia 9 o arquipélago "estará sob a influência direta de uma massa de ar tropical continental, quente e seco", o que significa que as temperaturas máximas vão atingir valores entre os 29 e os 33 graus.

A humidade relativa será "muito baixa, em particular acima de 200/300 metros de altitude".

Esta situação meteorológica, classificada como "adversa", levou o Instituto do Mar e da Atmosfera (IPMA) a colocar as zonas montanhosas sob aviso laranja e o restante território na Madeira e no Porto Santo sob aviso amarelo.

Na nota, a Proteção Civil menciona ser "expectável a presença de poeiras na baixa atmosfera oriundas do norte de África", desaconselhando, entre outros aspetos, a realização de queimadas ou fogueiras e recomendando comportamentos adequados face ao perigo de incêndio florestal.

A autoridade aponta ainda que, nas regiões montanhosas e nos extremos leste e oeste da ilha da Madeira, o vento poderá ser temporariamente moderado a forte (30 a 45 quilómetros/hora), com rajadas da ordem de 70 a 80 quilómetros e rumos predominantes de nordeste e de este.

Entre outras medidas, a SRPC da Madeira sugere o uso de vestuário apropriado, a aplicação de protetor solar, a utilização de chapéus e óculos de sol, a ingestão de líquidos que potenciem a hidratação e a ingestão de uma alimentação leve, sublinhando ser necessário dar atenção redobrada aos cuidados com as crianças e os mais idosos.

Lusa

  • As zonas de guerra que o fogo deixou
    3:13

    País

    A chuva finalmente ajudou na luta contra as chamas e o que fica agora é um cenário de devastação no norte e centro do país. Morreram 37 pessoas, arderam centenas de casas e empresas e há críticas severas à falta de meios.

  • CDS avança com moção de censura ao Governo

    País

    A líder do CDS anunciou hoje que o partido vai apresentar uma moção de censura ao Governo, na sequência dos incêndios que fizeram 37 mortos desde domingo, quatro meses depois da tragédia de Pedrógão Grande.

    Em atualização

  • O mapa das vítimas dos incêndios
    1:19

    País

    Aumentou para 37 o número de mortes na sequência dos fogos que assolaram a zona Centro do país desde o fim de semana. Feridos são pelo menos 71. Atualizamos aqui o mapa, segundo o último balanço da Proteção Civil.

  • Visto do céu, Portugal é um país que se vestiu de negro
    3:28
  • Homem morreu ao tentar salvar animais das chamas
    2:30
  • "Estou a ficar sem água, vai ser um trabalho inglório"
    1:06
  • Há uma semana que as florestas ardem na Califórnia
    1:34