sicnot

Perfil

País

Cuidados redobrados devido à subida das temperaturas

Reuters

REUTERS

Vêm aí dias de mais calor e a Direção-Geral da Saúde recomenda à população, especialmente aos idosos, crianças e doentes crónicos, que adote medidas de prevenção.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê, a partir de hoje e, pelo menos, até terça, uma subida considerável das temperaturas, em especial da máxima, atingindo valores entre 32ºC e 42°C, na generalidade do território.

De acordo com esta previsão, a Direção-Geral da Saúde (DGS) emitiu um comunicado, assinado pela diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, com várias recomendações para a população, em especial para os grupos mais vulneráveis, se proteger do calor.

No comunicado, publicado no site da DGS, a autoridade de saúde recomenda aos portugueses de que se mantenham hidratados, bebendo mais água, e usem "roupas leves e largas", chapéu e óculos escuros.

No período de maior calor, entre as 11:00 e as 17:00, a DGS recomenda à população que evite a exposição solar e atividades físicas no exterior e "permaneça duas a três horas por dia num ambiente fresco ou com ar condicionado".

Mas "sempre que estiver ao ar livre, use protetor solar com índice de proteção igual ou superior a 30. Renove a sua aplicação de duas em duas horas ou de acordo com a indicação da embalagem", sublinha o comunicado.

Evitar as mudanças bruscas de temperatura, seguir as recomendações do médico assistente, acautelar que a casa aqueça demasiado, correndo as persianas ou portadas, e ao entardecer deixar o ar circular pela casa são outras recomendações da DGS.

Graça Freitas apela ainda aos portugueses que se mantenham "em contacto e atento aos familiares e pessoas conhecidas que vivam isoladas, em especial, se forem idosas ou de grupo vulnerável".

A Direção-Geral da Saúde assegura, no comunicado, que o sistema de saúde está preparado para adequar os seus serviços de acordo com os Planos de Contingência para Temperaturas Extremas Adversas, com o objetivo de minimizar o impacto do calor na saúde.

A autoridade de saúde recomenda às pessoas que, caso seja necessário, liguem para a Saúde 24 (808 24 24 24) e, em caso de emergência, para o 112.

Lusa

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".