sicnot

Perfil

País

Maioria dos alunos do 9º ano chumba na 2ª fase a Português ou a Matemática

​Mais de metade dos alunos do 9.º ano chumbaram na 2.º fase da prova final de Português, assim como a maioria dos estudantes que fez a prova de Matemática, revelou hoje pelo Ministério da Educação (ME).

A percentagem de alunos que reprovou na 2.º fase a Português foi de 52%, o que revela um aumento em relação ao ano passado, quando a taxa de chumbos foi de 36%, segundo informação do Júri Nacional de Exames (JNE) hoje divulgada pelo Ministério da Educação..

Já a Matemática registou-se uma redução de alunos que chumbaram: no ano passado eram 79% do total e este ano foram 64%.

Como resultado, as médias das classificações das provas finais de Português baixaram enquanto a Matemática subiram, apesar de se manterem as duas disciplinas com uma média negativa.

A média das provas de Português foi de 39 pontos enquanto a média dos exames de Matemática foi de 22 pontos.

A 2.ª fase das provas finais de ciclo do 9.º ano destinava-se aos alunos que estavam numa situação de não aprovação no ciclo, recorda o Ministério da Educação.

As provas foram realizadas em 1.232 escolas do país, bem como nas escolas no estrangeiro com currículo português e foram classificadas por 479 professores.

Nesta 2.ª fase realizaram-se 9.181 provas: 4.854 a Português e 4.289 a Matemática.

Lusa

  • Reclusos que fugiram de Caxias tiveram cúmplices
    1:59

    País

    Uma falha de Portugal poderá explicar a libertação de um dos dois chilenos que fugiram de Caxias e foram apanhados em Espanha. As autoridades portuguesas atrasaram-se a enviar o mandado de detenção e a polícia espanhola libertou o fugitivo. Na investigação da fuga, acredita-se que os 3 reclusos tiveram cúmplices e a namorada de um deles já foi interrogada.

  • Jovem indiano acorda a caminho do próprio funeral

    Mundo

    Um jovem indiano chocou os seus parente e amigos, depois de acordar no caminho para o seu próprio funeral. No mês antes, Kumar Marewad foi levado para o hospital após ser mordido por um cão de rua, ficando em estado grave.

  • Bilhete de desculpas valeu uma bolsa de estudo

    Mundo

    Um jovem chinês ganhou uma bolsa de estudos no valor de 10 mil yuan (cerca de 1.380 euros), depois de danificar acidentalmente um carro de luxo. Isto, porque após os estragos, o jovem deixou um bilhete de desculpas ao dono, assim como todo o dinheiro que tinha com ele, como compensação.