sicnot

Perfil

País

"Não há nenhum deputado do CDS envolvido nesta polémica"

"Não há nenhum deputado do CDS envolvido nesta polémica"

Do lado do CDS, Assunção Cristas garantiu que nenhum deputado do seu partido aceitou convites ou fez viagens a convite da Galp. A líder dos centristas esclareceu os jornalistas, relativamente à polémica das viagens de alguns membros do Governo a França.

  • Rocha Andrade teve "atitude ingénua", diz Paulo Ralha
    2:26

    Economia

    O presidente do Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos considera que a decisão do secretário de Estado dos Assuntos Fiscais de aceitar o convite da Galp para ir ao Euro 2016 foi ingénua, mas não há motivo para demissão. Contudo, Paulo Ralha ressalva que o código aplicado aos trabalhadores da autoridade aduaneira deve ser aplicado no futuro a todos os detentores de cargos públicos e políticos.

  • Primeiro-ministro não vê razões para demitir Rocha Andrade
    2:32

    Caso das Viagens

    O primeiro-ministro não vê razões para demitir Rocha Andrade, o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais que viajou a convite da Galp para assistir a dois jogos de Portugal no Euro 2016. Rocha Andrade diz que não existe conflito de interesses, pelo facto da petrolífera manter uma guerra jurídica com o Estado. Já a oposição e os partidos que apoiam o Governo pedem consequências políticas.

  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.