sicnot

Perfil

País

Fogo em Mêda, Guarda, combatido por 142 homens e dois meios aéreos

MIGUEL PEREIRA DA SILVA / LUSA

Um incêndio que deflagrou hoje numa zona de Mato em Rabaçal, freguesia de Mêda, distrito da Guarda, está a ser combatido por 142 homens, 41 viaturas e dois meios aéreos, revelou a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

O fogo "em mato", com "uma frente ativa", começou pelas 09:33 de hoje, acrescenta a página da internet da ANPC, indicando a existência de "riscos mistos /incêndios rurais / povoamento florestal".

A informação disponibilizada às 13:00 pela Proteção Civil destacava como "ocorrências importantes" mais três incêndios, que, no total, estão a mobilizar 480 homens, 148 meios terrestres e nove meios aéreos.

Em causa estão um incêndio no distrito Viana do Castelo, em Arcos de Valdevez, e dois no distrito do Porto - um em Gestaçô, Baião, e outro em Melres, Gondomar.

O fogo que deflagrou na quinta-feira numa zona de mato em Peneda, freguesia da Gavieira, Arcos de Valdevez, continua ativo e está a ser combatido por 194 homens, 62 viaturas e seis meios aéreos.

No concelho de Gondomar, o incêndio que começou na tarde de sexta-feira na freguesia de Melres e Medas, concelho de Gondomar, distrito do Porto, tem duas frentes ativas "bastante longas" e está a aproximar-se de duas povoações, revelaram os Bombeiros Voluntários de Melres à Lusa, por volta das 11:30.

De acordo com ANPC, foram mobilizados para combater as chamas 87 homens, 29 viaturas e um meio aéreo.

Em Gestaçô, concelho de Baião, um "incêndio em mato com uma frente ativa" está a ser combatido por 57 homens e 16 meios terrestres, segundo a ANPC.

De acordo com a Proteção Civil, este fogo começou pelas 05:50 de hoje.

Lusa

  • Pelo menos dois feridos em confrontos entre adeptos do Benfica e do Braga
    1:55

    Desporto

    Antes do jogo do Benfica e do Sporting de Braga, registaram-se confrontos entre os adeptos, no Estádio Municipal de Braga. Os confrontos causaram pelo menos dois feridos. Os benfiquistas queixaram-se de agressões e criticaram a ausência da polícia. Várias viaturas foram danificadas durante os distúrbios e a PSP chegou a separar adeptos do Braga e do Benfica.

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Donald Trump culpa imigrantes por ataque que nunca existiu
    1:01
  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.