sicnot

Perfil

País

Sete detidos e 600 artigos falsificados apreendidos em Portimão

A PSP anunciou este sábado a detenção em Portimão de sete pessoas que estavam a vender mercadoria falsificada e a apreensão de mais 600 artigos de roupa e acessórios.

Em comunicado, a PSP adianta que os indivíduos, com idades na casa dos 20 anos, não apresentaram "quaisquer documentos comprovativos relativos ao local e empresas de aquisição dos artigos".

Dois dos detidos, que estavam ilegalmente no país, foram notificados para abandonarem voluntariamente o território nacional, acrescentou.

Na operação policial estiveram envolvidos 56 elementos da PSP, que tiveram a colaboração de oito agentes da Polícia Marítima e três inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Segundo a PSP, também na madrugada de sexta-feira foi detido um homem com 20 anos, por injúrias a elementos do Corpo de intervenção.

Estes elementos do Corpo de Intervenção da Unidade Especial de Policia, estavam numa missão de patrulhamento de visibilidade na Praia da Rocha em Portimão.

Lusa

  • Casa Branca isolada devido a pacote suspeito

    Mundo

    A Casa Branca foi esta terça-feira isolada devido à presença de um pacote suspeito junto a uma das vedações que limitam o edifício governamental norte-americano. A situação já foi normalizada e o objeto retirado do local.

  • Inspetores do SEF cansados das promessas do Governo
    1:00

    País

    O sindicato do SEF garante que a segurança contra o terrorismo vai ser assegurada na greve de quinta-feira e sexta-feira nos aeroportos. Acácio Pereira, do sindicato, diz que os inspetores são quase escravos e que estão fartos das promessas do Governo. A greve deverá afetar cerca de 30 mil pessoas. 

  • Graça Fonseca, a primeira governante a assumir-se homossexual
    1:02

    País

    A secretária de Estado da Modernização Administrativa deu uma entrevista ao Diário de Notícias onde assume a sua homossexualidade. É a primeira vez que um governante português o faz. Graça Fonseca assume esta posição pública como uma "afirmação política".