sicnot

Perfil

País

Fogo continua descontrolado em Vale de Cambra

Fogo continua descontrolado em Vale de Cambra

O incêndio que começou no sábado em Arouca alastrou hoje ao concelho vizinho de Vale de Cambra. O nascer do dia revelou o rasto de destruição que as chamas provocaram. Há casas que continuam em risco.

A página da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), atualizada às 13:30, continuava a indicar o fogo de Arouca como o que mais meios mobilizava entre as "ocorrências importantes", assim designadas por terem "duração superior a três horas e com mais de 15 meios de proteção e socorro envolvidos".

Aquele fogo no distrito de Aveiro, que começou em Provisende de Cima, Rossas, Arouca, está a ser combatido por 274 homens, 89 meios terrestres e dois meios aéreos.

"Este incêndio ainda está bastante intenso e, durante a noite, o nosso trabalho foi praticamente defender casa a casa, porque o interface urbano-florestal em Vale de Cabra é complicadíssimo, com as habitações isoladas e muito inseridas no meio da floresta", realçou Victor Machado, comandante dos Bombeiros de Vale de Cambra.

António Alberto Gomes, vice-presidente da autarquia, revela que "os locais mais ameaçados foram a aldeia do Trebilhadouro e os lugares de Fuste e Função", todos na freguesia de Rôge, precisamente pela ruralidade dessas localidades e o isolamento das respetivas casas.

"Tem-se conseguido controlar a situação e os únicos danos até agora foram em anexos agrícolas, como alguns palheiros e arrumos", especifica o presidente da Câmara, José Pinheiro.

  • Morte de portuguesa no Luxemburgo afinal não aconteceu

    País

    A morte de uma portuguesa em Bettembourg, no sul do Luxemburgo, não terá acontecido. O Jornal do Luxemburgo avançou, esta manhã, que a emigrante portuguesa tinha sido baleada mortamente pelo filho, uma informação entretanto desmentida por outro jornal online. Segundo o Bom Dia Luxemburgo, o que aconteceu foi afinal uma rusga policial.

  • Estamos quase na hora de verão

    País

    Esta madrugada muda a hora. Quando for 1h00, os relógios adiantam para as 2h00. Será uma noite com menos tempo de sono, mas os dias vão ficar mais longos com o chamado horário de verão.

  • Hora do Planeta, apagam-se as luzes para despertar consciências
    2:19
  • Divorciados vão poder dividir filhos no IRS 

    Economia

    Os divorciados vão passar a poder dividir os filhos no IRS (imposto sobre o rendimento singular) e o Governo está a estudar soluções para que em 2018 haja um novo sistema para lidar com a guarda conjunta de filhos.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Ataques aéreos dos EUA em Mossul podem ter causado a morte de 200 civis
    1:22
  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.

  • Quando o cancro chega por mero acaso
    1:55

    Mundo

    Cerca de dois terços das mutações que ocorrem nas células cancerígenas devem-se ao acaso, segundo um estudo da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. Em Portugal, o Diretor do Programa Nacional Doenças Oncológicas alerta para a importância de um diagnóstico precoce e um estilo de vida saudável como forma de reduzir a fatalidade.