sicnot

Perfil

País

Governo da Madeira presta apoio a residentes retirados de casa

A secretária da Inclusão e Assuntos Sociais da Madeira afirmou esta segunda-feira que está a ser prestado apoio aos residentes da zona de São Roque, no Funchal, que tiveram de sair das suas casas devido a um incêndio.

JO\303\203O HOMEM GOUVEIA

Segundo Rubina Leal, que está a acompanhar as operações no local, está a ser dado apoio "sobretudo a idosos, que estão a ser alojados num espaço no Clube Desportivo do Galeão", em São Roque.

"Estamos a controlar a situação não só em termos dos fogos, mas também de apoio às populações que tiveram de sair das habitações", resumiu.

A responsável, que tutela a área da Proteção Civil, adiantou que há elementos de sete corporações de bombeiros a combater o incêndio, que deflagrou pelas 15:30 numa área florestal na freguesia de São Roque, mas entretanto já se estendeu à freguesia vizinha de Santo António.

Várias pessoas foram já retiradas de casa devido ao fumo.

"O vento não é nada favorável", disse Rubina Leal.

A responsável adiantou que no terreno está também a Cruz Vermelha, elementos do Exército e a PSP, que já fechou vários acessos por motivos de segurança.

Rubina Leal referiu não ter "conhecimento de que existam danos materiais, pelo menos avultados", em habitações nas zonas afetadas pelo incêndio, atestando que todos os meios estão "operacionais" e que foi preparado o pavilhão de São Roque para a eventualidade de ser necessário acolher pessoas.

Das corporações de bombeiros da ilha não foram ativadas para o combate a este incêndio as de São Vicente, Calheta e Ribeira Brava, apontou a governante.

A responsável apelou às pessoas para que "não retornem às habitações" enquanto não for completamente seguro.

Lusa

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.