sicnot

Perfil

País

Situação complicada no Funchal com muitas casas ardidas e explosões

O fogo já chegou à zona da igreja de São Pedro, na baixa da cidade do Funchal, depois de ter consumido um edifício devoluto, confirmou à agência Lusa a Policia de Segurança Pública (PSP) no local.

O jornalista da Lusa também constatou a situação complicada na zona da Pena, com várias casas a arder, onde três viaturas de uma empresa de construção civil estão a tentar ajudar e a jogar água nas casas.

Também se veem algumas pessoas a abandonar as suas casas no centro do Funchal, levando malas e animais.

Os relatos dão conta de um "cenário dantesco" e de uma situação "completamente descontrolada", com muitos focos ativos espalhados pela cidade, entre os quais o Til, Rochinha, Penteada, sendo audível o som de algumas explosões.

A via rápida esteve encerrada, mas já reabriu ao trânsito. Condicionadas estão as entradas da cidade, onde o trânsito está caótico, como constatou a agência.

A Lusa tem tentado contactar as autoridades regionais para fazer um ponto da situação, mas ainda não foi possível.

Entretanto, o chefe de gabinete do presidente da câmara, que se encontra no local, confirmou à Lusa que alguns prédios devolutos situados na zona histórica do Funchal estão a arder.

Em declarações à Lusa, Miguel Iglésias, chefe de gabinete do presidente Paulo Cafôfo, revelou que às 21:40 estavam a decorrer operações na zona história do centro da cidade do Funchal, onde existem "prédios devolutos a arder", não referindo a existência de vítimas.

Miguel Iglésias encontra-se no local, juntamente com o presidente da autarquia.

O vento forte e as elevadas temperaturas fizeram com que o fogo que lavra nas zonas altas do concelho do Funchal desde a tarde de segunda-feira descesse até ao centro da cidade, provocando caos e pânico entre a população.

O trânsito está caótico, com muitos congestionamentos na baixa do Funchal, tendo a Polícia de Segurança Pública (PSP) encerrado as entradas da cidade, presenciou a Lusa.

A Lusa constatou que é muito difícil respirar, devido ao tempo quente e ao denso fumo, com as pessoas a usarem máscaras. Têm sido audíveis várias explosões, depois de a situação se ter agravado ao final da tarde.

O primeiro-ministro já anunciou que uma equipa de 36 elementos vai deslocar-se esta terça-feira para a Madeira para apoiar no combate ao fogo.

Lusa

  • Descobertos fósseis que podem provar existência de vida em Marte

    Mundo

    Fósseis com 3,77 mil milhões de anos, dos mais antigos já descobertos, foram identificados por cientistas de vários países na província do Quebec, no leste do Canadá. As descobertas coincidem no tempo com a altura em que Marte e a Terra tinham água líquida à superfície, o que levanta questões sobre a hipótese de vida extraterrestre.

  • As polémicas declarações de João Braga sobre os Óscares

    País

    A Associação SOS Racismo reagiu esta quarta-feira às palavras do fadista João Braga na sua página no Facebook, sobre a cerimónia de entrega dos Óscares, e disse esperar que a Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial atue de forma exemplar face.

  • "Apelamos ao debate e somos criticados? Então m...."
    0:52
  • Oprah admite candidatar-se à Presidência dos EUA

    Mundo

    A apresentadora norte-americana Oprah Winfrey admitiu, numa entrevista, que a vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais de novembro a fez considerar a possibilidade de entrar na corrida à Casa Branca.

  • Temperaturas recorde no "último lugar da Terra"

    Mundo

    A Organização Meteorológica Mundial (OMM) anunciou esta quarta-feira que se registaram nos últimos 37 anos temperaturas altas recorde na Antártida, num local que foi descrito como "o último lugar da Terra".