sicnot

Perfil

País

Forças Armadas com mais de 600 militares nas operações de socorro

As Forças Armadas têm mais de 600 militares no apoio às operações de socorro, entre o continente e a Madeira, disse à Lusa o coronel Helder Perdigão, do gabinete do Chefe do Estado Maior das Forças Armadas (CEMGFA).

Hélder Perdigão adiantou que "estão empenhados 624 militares, apoiados por 119 viaturas", no combate e apoio às "operações de socorro da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC)" nos distritos de Aveiro, Viana do Castelo, Viseu, Porto, Vila Real, Braga e Faro e Madeira de "diversas unidades provenientes de norte a sul do país".

"O maior empenho operacional, neste momento, desenvolve-se na Madeira", através do Regimento de Guarnição 3, para "onde estão a ser reencaminhados grande parte dos desalojados", referiu o coronel.

As Forças Armadas prestam "apoio sanitário de emergência, alimentação, fornecimento de água, evacuação de desalojados, patrulhamento e vigilância dos incêndios que deflagraram nas zonas altas do Funchal, desde a madrugada de dia 09 de agosto, precisou Helder Perdigão.

Nas operações estão "os regimentos de Engenharia, equipados com máquinas de rasto", dos "Regimento de Engenharia 3 e Engenharia 1", e da Companhia de Engenharia de Combate Pesada da Brigada Mecanizada, na "abertura de faixas de gestão de combustíveis (corta-fogos) e no melhoramento de itinerários" de acesso aos operacionais de socorro, acrescentou Helder Perdigão.

As Forças Armadas, na Região Autónoma da Madeira, após ativação do Plano Regional de Emergência "empenham cerca de 400 militares, em ações de apoio logístico à população", o que correspondente "à totalidade dos militares do Regimento de Guarnição 3, do Comando Operacional da Madeira e do Quartel-General da Zona Militar da Madeira", detalhou o coronel.

O Regimento de Guarnição 3 "acolhe 512 civis", a que correspondem "132 doentes desalojados do Hospital dos Marmeleiros, 320 desalojados, 30 técnicos de apoio a doentes e 30 técnicos de apoio aos desalojados pertencentes à Cruz Vermelha, à Segurança Social, bem como alguns voluntários, prevendo-se ainda os 120 bombeiros provenientes do continente", disse Hélder Perdigão.

O militar do gabinete do CEMGFA destacou o apoio da Força Aérea nos incêndios na Ilha da Madeira, através de "quatro voos a partir da Base Aérea do Montijo, recorrendo a quatro aeronaves 'C-295-M', entre a noite de dia 09 de agosto e a manhã de hoje", que transportaram os "119 elementos de apoio e de material diverso", além de uma "evacuação médica urgente de um queimado grave, do Funchal para Lisboa, com recurso a uma aeronave 'Falcon 50'", concluiu.

Lusa

  • As ajudas no combate ao fogo na Madeira
    3:20

    País

    A ajuda que partiu do Continente e dos Açores durante a madrugada desta quarta-feira já chegou à Madeira. Na terça-feira, Miguel Albuquerque agradeceu a disponibilidade do Governo da República. O Governo Regional foi alvo de críticas, depois de Miguel Albuquerque dizer que a situação estava controlada e de "demorar demasiado tempo a pedir ajuda".

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • FC Porto acusa Benfica de recorrer a serviços de "bruxaria"
    2:34

    Desporto

    Francisco J. Marques acusou o Benfica de recorrer a "bruxaria". O diretor de comunicação do FC Porto revelou uma troca de e-mails entre Luís Filipe Vieira e Armando Nhaga, suposto comissário nacional da polícia da Guiné-Bissau com a celebração de um contrato de prestação de serviços.

  • Francisco J. Marques promete continuar a revelar e-mails
    2:11

    Desporto

    Francisco J. Marques diz que a Polícia Judiciária sabe como o Futebol Clube do Porto teve acesso aos e-mails e desafia o Benfica a revelar os originais. O diretor de comunicação do clube portista revelou ainda que irá continuar a divulgar e-mails, já que isso não é incompatível com o segredo de Justiça.

  • Confirmada prisão dos portugueses que gravaram nome no portão de Auschwitz

    Mundo

    Dois adolescentes católicos portugueses foram condenados a um ano de prisão com pena suspensa, por terem gravado os nomes na porta da entrada principal de Auschwitz-Birkenau. O tribunal de primeira instância de Oswiecim já tinha condenado os jovens e o tribunal de Cracóvia confirmou esta quarta-feira a pena aplicada.

  • Temer pode cair menos de um ano depois da queda de Dilma
    3:06
  • Imagens do resgate de crianças feridas num bombardeamento na Síria
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos acusam o regime sírio de estar a preparar um novo ataque químico e avisam Bashar al-Assad que vai pagar caro se o concretizar. No terreno, os ataques aéreos continuam a fazer vítimas civis. Da periferia de Damasco chegam imagens dramáticas do resgate de duas crianças feridas num bombardeamento.

  • Quem é a mulher que diz ser filha de Salvador Dalí

    Cultura

    Maria Pilar Abel Martínez nasceu em 1956 e será o alegado fruto de um caso entre a sua mãe e Salvador Dalí. Um tribunal de Madrid ordenou a exumação do cadáver do pintor e a obtenção de amostras, de modo a determinar se a mulher espanhola é mesmo filha de Dalí.

  • Mulher atira moedas para o motor do avião por superstição

    Mundo

    As superstições levam as pessoas a fazer coisas bizarras e até, mesmo, perigosas. Este foi o caso de uma mulher chinesa que decidiu atirar moedas para o motor de um avião, para garantir boa sorte na viagem, que estava prestes a fazer. Contudo, a ação obrigou ao atraso do voo que partia de Xangai, numa companhia aérea chinesa.

  • Modelo italiana atacada com ácido volta ao trabalho

    Mundo

    Gessica Notaro, antiga concorrente do concurso Miss Itália, já regressou ao trabalho como treinadora de leões marinhos, cinco meses depois de ter sido atacada com ácido, alegadamento pelo ex-namorado, Jorge Edson Tavares. Gessica Notaro diz que quer inspirar e encorajar outras mulheres a lutar contra o assédio e o bullying nas relações.