sicnot

Perfil

País

Fumo e cinza após noite de inferno

Fumo e cinza após noite de inferno

Do alto são visíveis os estragos, as casas ardidas e o fumo que ainda paira no ar, no Funchal. Contam-se três mortos, um desaparecido, dois feridos graves, 80 pessoas internadas e cerca de mil desalojados.

  • Dono de submarino é o único suspeito da morte de jornalista sueca
    1:51

    Mundo

    A polícia dinamarquesa confirmou que o corpo decapitado encontrado junto ao mar, perto de Copenhaga, é o da jornalista sueca desaparecida há mais de 10 dias. Kim Wall estava a fazer uma reportagem sobre um submarino artesanal com o criador, que é agora o principal suspeito do crime. Parte do corpo foi encontrada na segunda-feira e identificada através de exames de ADN.