sicnot

Perfil

País

Governo Regional desaconselha visitas turísticas às zonas altas da Madeira

LUSA

O Governo Regional da Madeira está a desaconselhar a realização de programas turísticos nas zonas altas e serras da ilha devido aos incêndios que começaram na segunda-feira na ilha.

"Atendendo a que a maioria dos percursos pedestres oficialmente homologados e aconselhados aos turistas, na Ilha da Madeira, encontram-se em áreas que, neste momento, estão ou poderão vir a ser afetadas, não é aconselhável a realização de programas, desta natureza, nas zonas altas e serras", refere um comunicado da Secretaria Regional da Economia, Turismo e Cultura (SRETC), disponibilizado no seu site.

Na mesma nota, este departamento do executivo insular insiste que o "setor turístico regional encontra-se, atualmente, a funcionar com toda a normalidade, estando apenas condicionado no que respeita ao acesso e usufruto das serras e de algumas áreas florestais".

A secretaria regional, baseando-se em informação da Presidência do Governo Regional e pela Secretaria Regional da Inclusão e Assuntos Sociais, que tutela o Serviço Regional de Proteção Civil, esclarece que "o Aeroporto da Madeira e o Porto do Funchal estão, neste momento, operacionais" e que o "serviço de transporte público, que serve a hotelaria regional, na cidade do Funchal, não foi, para já, afetado".

O Jardim Botânico da Madeira "Engenheiro Rui Vieira" e os "Teleféricos da Madeira" encontram-se, nesta altura, encerrados, como medida de precaução, assegura a mesma fonte.

No comunicado, a SRETC informa ainda que o ponto de situação acerca das zonas afetadas "estará em atualização permanente, no site oficial do Turismo da Madeira (visitmadeira.pt), em consonância com o Serviço Regional de Proteção Civil da Madeira".

Três pessoas morreram na terça-feira, no Funchal, na sequência dos incêndios que deflagraram no concelho na segunda-feira.

O fogo provocou ainda cerca de mil desalojados, entre residentes e turistas, e muitas casas e um hotel (Choupana Hills) foram afetados pelo fogo.

Os prejuízos materiais são avultados, mas não estão ainda contabilizados.

Cerca de 115 efetivos de Lisboa e outros 30 dos Açores foram enviados para a Madeira para reforçar as equipas no combate aos incêndios.

Lusa

  • Assalto à base militar de Tancos
    0:42

    País

    Várias granadas e munições foram roubadas dos paióis da base militar de Tancos. A Polícia Judiciária Militar já está a investigar.

  • ASAE apreende leite com água oxigenada para fabrico de queijo

    Economia

    A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu leite com água oxigenada, destinado ao fabrico de queijo. As investigações decorreram nos últimos dois meses e foram dirigidas a vários produtores de leite. As investigações iniciaram-se com a deteção de uma viatura para transporte do leite sem qualquer sistema de refrigeração.

  • Ronaldo dispensado da seleção para ir conhecer os filhos

    Taça das Confederações

    A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) informou em comunicado que Cristiano Ronaldo foi dispensado da Taça das Confederações "para que possa conhecer os seus filhos". Numa mensagem no Facebook, o jogador mostrou-se sensibilizado com a decisão da Federação, acrescentando ainda que está "muito feliz por poder, finalmente, estar com os (...) filhos pela primeira vez".

  • Crise na Venezuela faz aumentar casos de desnutrição infantil
    2:13
  • Mulher mata namorado em brincadeira com arma no Youtube

    Mundo

    Uma mulher do Minnesota, nos EUA, está a ser acusada de disparar mortalmente sobre o namorado quando ambos faziam um vídeo para publicar no Youtube. Monaliza Perez, de 20 anos, foi detida depois de disparar sobre Pedro Ruiz, que segurava um livro junto ao seu peito, confiante que seria o suficiente para parar a bala.

  • Comissão Europeia adota plano contra resistência a antibióticos

    Mundo

    A Comissão Europeia adotou, hoje, um plano para combater a resistência aos antibióticos, uma ameaça que mata anualmente 25 mil pessoas na União Europeia (UE) e custa 1,5 mil milhões de euros. Em paralelo ao plano, apresenta ainda regras para um "uso prudente de antibióticos".

  • Comprar ou arrendar casa?
    8:25