sicnot

Perfil

País

Marrocos cede dois aviões Canadair para combate aos fogos

A ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, anunciou esta quarta-feira que Marrocos vai ceder dois aviões Canadair para ajudar no combate aos incêndios em Portugal.

"Neste momento já acionámos mais mecanismos. Já conseguimos mais dois Canadair que veem de Marrocos e que amanhã [quinta-feira] já estão operacionais. Uma oferta do Reino de Marrocos que agradecemos, mas, neste momento, o nosso foco tem que ser nesta luta contra este fenómeno que é, naturalmente, agravado por uma meteorologia adversa", afirmou a governante.

A ministra anunciou ainda ter sido acionado o protocolo bilateral estabelecido com a Federação Russa para a vinda de mais meios, sem especificar, porém, quantos são ou quando chegam.

O anúncio da governante foi feito em Viana do Castelo, um dos distritos mais afetados pelos fogos florestais dos últimos dias. Estes meios marroquinos juntam-se ao Canadair já cedido por Itália e a outros dois disponibilizados por Espanha.

Hoje, o Governo português acionou formalmente o mecanismo europeu de proteção civil e obteve a resposta positiva de um avião Canadair italiano que virá para Portugal ajudar no combate aos incêndios, disse à Lusa fonte oficial.

A ministra da Administração Interna, que se reuniu com o presidente da Comissão Distrital de Proteção Civil e autarca de Viana do Castelo, José Maria Costa, e com os operacionais do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) disse que o Alto Minho está a enfrentar uma situação "bastante grave", mas rejeitou a falta de meios para combate aos fogos que fustigam a região.

"Este distrito tem tido muita ajuda nacional. Tem tido todos os meios disponíveis que também têm que estar disponíveis para outros distritos que, igualmente estão a ser assolados", referiu.

Segundo a fonte do Ministério da Administração Interna, o Governo português já fez o pedido formal de ajuda aos Estados-membros da União Europeia em matéria de proteção civil para fazer face aos muitos incêndios que lavram no Norte e Centro do país.

Na terça-feira, dois aviões Canadair espanhóis eram esperados na zona de Viana do Castelo para reforçar o combate aos 11 incêndios então em curso no distrito, revelou o presidente da Comissão Distrital da Proteção Civil (CDPC), José Maria Costa.

Mais de 2.000 operacionais estavam hoje, às 19:50, a combater 13 grandes fogos florestais no continente português e vários focos de incêndio na ilha da Madeira.

Lusa

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Desporto

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Desporto

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.

  • Mais cinco ilhas dos Açores sob aviso vermelho

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou esta quarta-feira para vermelho o aviso para as cinco ilhas do grupo central dos Açores, onde no Faial o vento atingiu os 150 quilómetros por hora.

  • Votações sobre o mapa judiciário geram tensão no Parlamento
    2:01

    País

    O momento das votações no Parlamento ficou marcado por alguma tensão. Depois de aprovadas, em comissão, as alterações ao mapa judiciário, o PSD opôs-se a que o diploma fosse votado em plenário, uma vez que não fazia parte da versão inicial do guião de votações. A esquerda acusou os sociais-democratas de terem motivações estritamente políticas e não regimentais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.