sicnot

Perfil

País

Fogo de Vieira do Minho em resolução após mais de 32 horas de combate

O incêndio que deflagrou pelas 09:46 de quarta-feira em Rossas, Vieira do Minho, e entretanto se propagou a Fafe e Póvoa de Lanhoso, já entrou em fase de resolução, informa a Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC).

Na sua página na Internet, a ANPC acrescenta que no terreno se mantêm 126 operacionais, apoiados por 45 meios terrestres.

De manhã, o comandante operacional, Vítor Azevedo, disse à Lusa que as chamas consumiram uma casa abandonada situada no monte em Agrela, Fafe.

Segundo aquele responsável, o vento forte, com rajadas que chegaram a atingir os 80 quilómetros por hora, tem sido a principal dificuldade do combate às chamas.

Em Póvoa de Lanhoso, foram evacuadas, na noite de quarta-feira, por precaução, duas aldeias, na freguesia de Sobradelo da Goma, mas entretanto as pessoas já puderam regressar às suas casas.

Lusa

  • Resgate de mais de 300 migrantes no Mediterrâneo
    2:08
  • 10 Minutos com Eurico Reis
    11:20

    10 Minutos

    Há quatro meses que Portugal é um dos poucos países europeus onde é possível recorrer à gestação de substituição. E há já um casal que teve luz verde para começar os tratamentos. Para um balanço, foi nosso convidado Eurico Reis, juiz desembargador e presidente do Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida, a entidade que autoriza os processos de gestação de substituição.

    Entrevista completa

  • Parlamento discute utilização de animais no circo
    2:01