sicnot

Perfil

País

Secretária de Estado do Turismo destaca "completa normalidade" do setor na Madeira

A secretária de Estado do Turismo disse esta quinta-feira, no Funchal, que as entidades públicas e privadas ligadas ao setor turístico vão promover um "conjunto de medidas" para mostrar ao mundo que a situação na Madeira é de "completa normalidade".

Ana Mendes Godinho reuniu-se esta tarde com o secretário regional da Economia, Turismo e Cultura, Eduardo Jesus, e com um grupo de hoteleiros madeirenses para avaliar o impacto dos incêndios no destino Madeira.

"Eu tive a oportunidade de verificar que, vindo do aeroporto até aqui [centro do Funchal], se não soubesse o que tinha acontecido, não tinha dado por nada", salientou a secretária de Estado, sublinhando que todos devem trabalhar em conjunto para passar a mensagem de que este é um "destino completamente normalizado".

Ana Mendes Godinho enfatizou, por outro lado, a capacidade de resiliência das instituições, dos empresários, dos trabalhadores e da população em geral face aos fogos devastadores que deflagraram na segunda-feira em diversos pontos da ilha, afetando particularmente o concelho do Funchal. Esta tarde, persistem alguns focos de incêndio.

O secretário regional da Economia, Turismo e Cultura confirmou, por seu lado, que, perante o acontecimento, existiram cancelamentos de "pequeníssima expressão" e assegurou que o índice de cancelamentos de novas reservas é "quase nulo".

"O que surpreende bastante é as pessoas se terem mantido, terem compreendido o problema, estarem confiantes nas autoridades e no sector em si", afirmou Eduardo Jesus.

O governante anunciou que a comunicação para o exterior vai ser intensificada no sentido de demonstrar a normalidade do setor turístico e, por outro lado, vai ser criada uma linha direta de apoio à reconstrução das áreas relacionadas com o turismo.

Os fogos obrigaram à retirada de centenas de pessoas de habitações, hospitais, lares e hotéis.

Só no concelho do Funchal, os danos em 208 edifícios públicos e privados estão estimados em 55 milhões de euros.

Lusa

  • "Já só lhes resta uma coisa: bisbilhotar comunicações privadas"
    2:57

    Caso CGD

    O primeiro-ministro diz que o PSD atingiu o grau zero da política, quando chegou à "bisbilhotice" de querer ver as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues. A polémica da Caixa Geral de Depósitos voltou a marcar o debate quinzenal, com António Costa a garantir que nunca esteve em causa a entrega de declarações da administração. Já o PSD e o CDS a acusaram o Governo de violar as regras da transparência e de oprimir os direitos da oposição.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.