sicnot

Perfil

País

UE explica ajuda limitada com incêndios registados em vários Estados-membros

A União Europeia explicou esta quinta-feira que a disponibilidade de meios aéreos para enviar para Portugal é limitada devido aos graves incêndios florestais que vários Estados-membros enfrentam.

Portugal acionou quarta-feira o Mecanismo Europeu de Proteção Civil, na sequência dos fogos que assolam o país. Nos últimos dias, o número de incêndios registados ultrapassou sempre as 300 ocorrências.

A ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, admitiu hoje que "estava à espera de uma maior solidariedade dos parceiros europeus", sublinhando que Marrocos, apesar de não pertencer à União Europeia, respondeu prontamente ao pedido de auxílio.

"Neste momento, vários Estados-membros estão a enfrentar graves incêndios florestais ou perigo extremos de incêndio florestal. Consequentemente a disponibilidade de aviões é muito limitada", referiu um porta-voz da União Europeia, questionado pela Lusa sobre o número limitado de meios disponibilizados pelos Estados-membros no âmbito daquele mecanismo.

Segundo o porta-voz, devido aos incêndios que existem em vários países da União Europeia, a "disponibilidade de aviões é muito limitada".

"Há um número muito limitado daqueles aviões, altamente especializados, e equipas disponíveis em toda a Europa", salientou o porta-voz da União Europeia.

O porta-voz afirmou que há uma "forte tradição de solidariedade e generosidade entre os Estados-membros" em relação ao combate a incêndios e a disponibilidade de meios, sublinhando que os países não costumam recusar os pedidos de ajuda.

"Os Estados-membros não podem mobilizar mais aviões do que aqueles que realmente têm para si ou para ajudar os seus parceiros europeus", vincou.

A ajudar ao combate aos incêndios em Portugal, estão dois aviões pesados 'Canadair' espanhóis e outros dois marroquinos.

O porta-voz disse que as autoridades europeias estão em contacto com as autoridades portuguesas e que Portugal também está a ser ajudado com imagens de satélite de incêndios na Madeira através do Serviço de Gestão de Emergência Copernicus da União Europeia.

Lusa

  • Curiosidades sobre o Mundial da Rússia
    3:08
  • Inocência e talento marcaram o 9.º dia de Mundial
    0:56
  • Ronaldo no País dos Sovietes: Algumas curiosidades
    1:54
  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • A queda aparatosa do selecionador do Brasil
    0:05
  • Dia de limpezas em Chaves após violenta tempestade
    2:44
  • Athanasia, uma mulher sem medo das alturas
    0:35

    Mundo

    É grega, chama-se Athanasia Athineau, tem 29 anos e pertence à unidade de forças especiais da Grécia. O salto que podemos ver é de 10 mil pés, mas Athanasia faz também saltos de 30 mil. Neste caso, caíu a uma velocidade de 250 quilómetros por hora antes de abrir o pára-quedas.

  • Talheres de Hitler vendidos por 14 mil euros

    Mundo

    Um conjunto de duas facas, três colheres e três garfos de prata, que pertencia a Adolf Hitler, foi vendido em Dorset, Inglaterra, pelo valor de 12.500 libras (aproximadamente 14.200 euros). O serviço de talheres foi criado no âmbito das celebrações do 50.º aniversário do ditador nazi.

    SIC