sicnot

Perfil

País

Berardo oferece receita das entradas no Jardim Tropical para ajudar desalojados

A Fundação Berardo vai entregar a receita das entradas no Jardim Tropical Monte Palace, no dia 15 de agosto, para ajuda aos desalojados dos incêndios que fustigaram a Madeira, disse esta sexta-feira o comendador Joe Berardo.

"Vamos dar todo o dinheiro [das entradas]. Pelo menos 12.500 euros. Se as entradas não atingirem este valor, este será na mesma o mínimo que a Fundação vai dar para ajuda", disse Joe Berardo à agência Lusa, sublinhando que as pessoas na região "são muito unidas" nos momentos de catástrofe.

O empresário deslocou-se hoje ao Jardim Tropical Monte Palace, na freguesia do Monte, Funchal, onde está sediada a Fundação, para fazer um ponto da situação após os incêndios que lavraram entre segunda e quarta-feira naquela zona.

Joe Berardo lembrou que "tudo à volta ardeu", mas suspirou de alívio por constatar que a quinta e os jardins não foram afetados pelo fogo, mas apenas pelo vento forte, que danificou parte da vegetação.

"Felizmente, investimos em água e estivemos sempre a regar [na noite de terça para quarta-feira]", explicou, realçando que é um "homem de fé" e, por isso, vai entregar a receita das entradas nos jardins à freguesia do Monte, uma das mais fustigadas pelos incêndios, que destruíram cerca de 60 casas e provocaram um ferido grave, atualmente internado no Hospital de Santa Maria, em Lisboa.

A onda de destruição na freguesia motivou já o cancelamento do arraial de Nossa Senhora do Monte, padroeira da Madeira, cuja solenidade religiosa se assinala precisamente no dia 15 de agosto e é uma das mais importantes da região autónoma.

No Monte Palace, cujos jardins albergam uma abundante coleção de plantas exóticas oriundas de todo o mundo, as mangueiras de incêndio continuam estendidas pelos quatro cantos, por prevenção.

"Houve uma altura [durante o incêndio] em que estávamos preocupados com a reserva de água e, agora, estamos a estudar a construção de mais um tanque", disse Joe Berardo, vincando que é preciso aproveitar a "tanta água" desperdiçada no inverno para garantir um verão seguro.

O comendador destacou também o empenho dos colaborares do Jardim Tropical Monte Palace, que se mantiveram toda a noite vigilantes e atentos ao evoluir das chamas.

Joe Berardo, que é natural da Madeira, salientou, por outro lado, que "o importante é recomeçar" e "aprender com o passado para corrigir o futuro", mais do que "deitar a culpa sempre em alguém", lembrando ainda que "a natureza tem forças que não compreendemos".

"É isso que eu tenho estado aqui a fazer. Quero fazer mais um tanque. Mas, para já, o que tenho de fazer é limpar. Tenho de ter isto sempre limpo", afirmou, lembrando que, se a quinta fosse destruída pelo fogo, perdiam-se 40 postos de trabalho.

O Jardim Tropical Monte Palace é um dos locais mais visitados por turistas no concelho do Funchal.

Lusa

  • SAD do Benfica duplica lucros

    Desporto

    O Benfica fechou a época passada com lucros de 44,5 milhões de euros, mais do dobro do registado na época anterior. São os mais elevados de que há registo.

  • Peritos mundiais debatem doenças neurodegenerativas em Lisboa
    3:04
  • "O Benfica é atacado e não há ninguém que fale e que dê a cara?"
    6:05
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    Depois do artigo publicado no blog "Geração Benfica", Rui Gomes da Silva reiterou esta segunda-feira, em O Dia Seguinte da SIC Notícias, algumas das críticas à estrutura do clube. O antigo vice-presidente do Benfica defendeu Luís Filipe Vieira, Rui Vitória e Nuno Gomes. E acusou novamente Rui Costa de passividade e os vice-presidentes de não darem a cara. 

  • Governo aconselha pais a fazerem queixa de manuais em mau estado
    2:31
  • Acha que este padre sabe dançar?
    2:22