sicnot

Perfil

País

Linha da Beira Alta está a funcionar com normalidade

A circulação na linha ferroviária da Beira Alta está a decorrer com normalidade, depois de ter estado interrompida a ligação entre Santa Comba Dão e Carregal do Sal, disse à Lusa fonte da Infraestruturas de Portugal.

Desde quinta-feira que os comboios regionais da linha da Beira Alta têm ficado retidos nas zonas afetadas pelos incêndios, mas fonte da CP - Comboios Portugueses garantiu à Lusa que tem sido feito o transbordo dos passageiros através de autocarros.

Hoje à tarde, começou por estar suspensa a ligação entre Mortágua (Viseu) e Pampilhosa (Aveiro) e, poucos depois de a situação estar normalizada, os incêndios impediram a circulação de comboios entre Santa Comba Dão e Carregal do Sal.

Segundo o gabinete de imprensa da Infraestruturas de Portugal, estes incêndios já foram controlados e "foi restabelecida a circulação de comboios entre Santa Comba Dão e Carregal do Sal".

Na quinta-feira à tarde, a linha ferroviária também foi encerrada no troço entre Santa Comba Dão e Carregal do Sal, devido a um incêndio na localidade de Castelejo, distrito de Viseu.

Os distritos de Viseu e Aveiro têm sido dois dos mais afetados pelos incêndios que fustigam Portugal esta semana.

Lusa

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08