sicnot

Perfil

País

Linha da Beira Alta volta a estar interrompida, agora no troço Mortágua

A circulação na linha ferroviária da Beira Alta ficou esta sexta-feira novamente interrompida, a partir das 17:40, mas agora entre Mortágua (Viseu) e Pampilhosa (Aveiro), devido à ocorrência de incêndios, disse à agência Lusa fonte da Infraestruturas de Portugal.

Já a circulação no troço entre Carregal do Sal e Mortágua, que estava desde cerca das 14:30 interrompida devido a um incêndio no distrito de Viseu, foi restabelecida cerca das 17:30.

Segundo fonte da CP - Comboios de Portugal, os comboios regionais da linha ferroviária da Beira Alta têm ficado retidos nas zonas afetadas pelos incêndios, pelo que tem sido feito o transbordo dos passageiros através de autocarros.

O incêndio não está a afetar a estação ferroviária da Pampilhosa, porém o percurso da linha ferroviária da Beira Alta não permite chegar até à estação, pelo que a linha ferroviária do Norte não tem sido afetada.

Na quinta-feira à tarde, a linha ferroviária da Beira Alta foi encerrada no troço entre Santa Comba Dão e Carregal do Sal, devido a um incêndio na localidade de Castelejo, distrito de Viseu, tendo sido restabelecida às cerca das 00:30 de hoje.

Os distritos de Viseu e Aveiro têm sido dois dos mais afetados pelos incêndios que fustigam Portugal esta semana.

Lusa

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55
  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47