sicnot

Perfil

País

Despiste na A1 na zona de Coimbra causa 1 morto e dois feridos graves

SIC/ Arquivo

Um despiste provocou hoje um morto e um ferido grave na A1, na zona de Coimbra, e obrigou também ao corte do trânsito no sentido norte-sul. De acordo com informação recolhida pela SIC junto dos bombeiros sapadores de Coimbra, há ainda dois feridos em estado grave e dois ligeiros. Uma informação inicial por parte dos bombeiros, GNR e Brisa dava conta de duas vítimas mortais.

O acidente aconteceu entre os nós de Coimbra Norte e Coimbra Sul, ao quilómetro 194 da A1, no sentido norte-sul, e de acordo com a GNR a via está cortada ao trânsito neste sentido.

O diretor de comunicação da concessionária Brisa, Franco Caruso, indicou à Lusa que quem circula no sentido norte-sul "deve sair no nó de Coimbra Norte" e pode regressar à autoestrada em Coimbra Sul, fazendo o percurso pelo IC2.

O alerta para o acidente foi dado às 8:21 e de acordo com a página da Autoridade Nacional da Proteção Civil, estão no local 16 operacionais apoiados por seis viaturas.

Com Lusa

  • Inquérito vai apurar causas do acidente na A1
    0:32

    País

    O acidente na A1 que causou um mortos e quatro feridos, dois graves, envolveu apenas um carro onde seguiam cinco pessoas. De acordo com a tenente da GNR, Lígia Santos, vai ser aberto um inquérito para apurar as causas do despiste.

  • Braga perde com Shakhtar e fica fora dos 16 avos de final da Liga Europa
    3:16
  • Cerca de 150 civis doentes retirados de Alepo

    Mundo

    Cerca de 150 civis, a maioria doentes ou deficientes, foram retirados na noite de quarta-feira para quinta-feira de um centro de saúde de Aleppo, na parte mais antiga da cidade tomada pelo exército sírio, anunciou a Cruz Vermelha internacional.

  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalam-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.