sicnot

Perfil

País

"Ninguém vai às urgências fazer turismo"

Entrevista SIC Notícias

"Ninguém vai às urgências fazer turismo"

Quase metade das pulseiras atribuídas nas urgências dos hospitais em Lisboa são "pouco ou não urgentes". Só no primeiro semestre deste ano as idas às urgências aumentaram em mais 134 mil relativamente ao ano passado.

O bastonário da Ordem dos Médicos esteve na Edição da Noite da SIC Notícias para falar do assunto. José Manuel Silva garante que "ninguém vai às urgências fazer turismo", se as pessoas lá se deslçocam é porque necessitam e aquele é o local onde conseguem obter respostas.

O bastonário diz ainda que chamar falsas urgências aos "verdes e azuis" do sistema de triagem é uma qualificação arbitrária, e vai longe dizendo que quando usam esta designação os responsáveis políticos estão a "sacudir a água do capote" e a fugir às suas responsabilidades.

  • Falsas urgências em Lisboa aumentam
    1:42

    País

    Metade das urgências nos hospitais da grande Lisboa foram falsas e a explicação pode estar na falta de médicos de família. Só no primeiro semestre deste ano e segundo dados da Administração Ccentral de Sistemas de Saúde as idas às urgências aumentaram em mais 134 mil relativamente ao ano passado.

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".