sicnot

Perfil

País

Prisão preventiva para suspeito de atear incêndio florestal em Lagoa

O incêndio que começou no concelho de Arouca passou para Vale de Cambra, Aveiro, 8 de Agosto de 2016. Desde sábado ao final da tarde lavra no concelho de Arouca, no distrito de Aveiro, um fogo que conta com 267 operacionais, apoiados por 87 meios terrestres e dois aéreos. As chamas alastraram-se entretanto ao município de Vale de Cambra.

OCTAVIO PASSOS

O homem detido por suspeita de um crime de incêndio florestal registado a 04 de agosto em Lagoa, no Algarve, vai aguardar julgamento em prisão preventiva, disse hoje fonte da Polícia Judiciária, que anunciou a detenção na quarta-feira.

O suspeito tem 37 anos, foi detido pelo Departamento de Investigação Criminal de Portimão e fonte da Diretoria do Sul da Polícia Judiciária (PJ) disse à Lusa que "ficou em prisão preventiva", depois de na quarta-feira ter sido presente a tribunal para primeiro interrogatório judicial e aplicação das eventuais medidas de coação.

O homem foi identificado como alegado responsável por atear mais de uma dezena de focos de incêndio numa zona de costa e mato do concelho de Lagoa, referiu a Judiciária no comunicado em que anunciou a detenção.

"O arguido terá desencadeado, com recurso a chama direta, 12 focos de incêndio numa área de mato, a qual termina nas falésias situadas entre as praias de Benagil e da Marinha. O maior foco de incêndio resultou numa área ardida de cerca de 10.000 metros quadrados", precisou na ocasião a PJ, frisando que "no corrente ano já identificou e deteve 37 pessoas pela autoria do crime de incêndio florestal".

Fonte da diretoria do sul da PJ disse na quarta-feira à agência Lusa que a detenção tinha sido feita em Lagoa e que o detido não tinha antecedentes criminais por fogo posto nem registo clínico de qualquer problema mental.

"Os focos de incêndio foram ateados no mesmo dia e localizados no mesmo período de tempo. À medida que se deslocava ia ateando os focos de incêndio", explicou a mesma fonte.

Os fogos provocaram a destruição de uma zona de costa utilizada para passeios pedonais e conhecida como o percurso dos Sete Vales Suspensos, que se estende ao longo de 5,7 quilómetros de arribas.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    1:41
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.

  • A SIC visitou os bastidores do Santuário de Fátima
    7:43
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52