sicnot

Perfil

País

Quatro meios aéreos e 90 operacionais mobilizados para fogo em Vila Real

Quatro meios aéreos e quase 90 operacionais foram mobilizados para combater um incêndio que está a queimar pinhal em Vila Real e teve várias projeções devido ao vento, disse à agência Lusa o comandante operacional distrital.

Álvaro Ribeiro referiu ainda que um bombeiro, da corporação de Alijó, recebeu assistência hospitalar devido à inalação de fumos.

O alerta para o fogo foi dado às 15.18 na zona de Mateus em povoamento florestal, designadamente pinheiro bravo adulto, mas, segundo o responsável, devido à grande acumulação de material combustível, ao vento forte e ao declive, o incêndio propagou-se rapidamente.

Verificaram-se ainda várias projeções, algumas delas fizeram com que o incêndio passasse a Autoestrada 4 (A4), que ficou momentaneamente condicionada devido à proximidade do fogo e também para proteger os bombeiros que estavam a estabelecer os meios de combate a partir desta via.

Álvaro Ribeiro referiu que estão a ser empenhados meios terrestres e aéreos no sentido de conter o incêndio na zona de Tojais, Mouçós.

Pelas 18:00 estavam a operar dois aviões médios e um helicóptero pesado, estando-se à espera da chegada de um avião pesado Beriev. No terreno estavam quase 90 operacionais, apoiados por 22 viaturas.

"A todo o momento estão a chegar mais meios terrestres ao teatro de operações, provenientes do norte do distrito e também um grupo de reforço do Porto", referiu.

Lusa

  • "Para ele, um 'não' não foi suficiente"
    3:39
  • Um negócio familiar destruído pelas chamas
    8:36
  • "Diálogos" de Catarina Neves duplamente premiado no festival Muvi
    2:12