sicnot

Perfil

País

Mais de 36 mil pais usaram prestações por parentalidade em julho

Mais de 36 mil pais usufruíram de prestações por parentalidade no mês de julho, quase mais três mil do que em junho, segundo dados do Instituto de Segurança Social, que mostram que são sobretudo as mães a requerer.

De acordo com os dados estatísticos mais recentes, no mês de julho houve 36.232 pessoas que beneficiaram de prestações por parentalidade, mais 2.893 (8,67%) do que em junho.

Comparando com o período homólogo, o crescimento foi ainda maior, com uma variação percentual de 10,35%, já que em julho de 2015 registaram-se 32.834 pais a usufruírem destas prestações, o que significa que, num ano, mais 3.398 pais requereram as prestações por parentalidade.

Dentro das 36.232 pessoas que requereram as prestações em julho, a maioria (24.725) eram mulheres, contra 11.507 homens.

No entanto, e segundo informação do Gabinete de Estratégia e Planeamento (GEP), a subida foi mais expressiva nos beneficiários homens do que nas mulheres.

Efetivamente, entre junho e julho o número de pais passa de 10.070 para 11.507, enquanto nas mães cresce de 23.269 para 24.725, o que quer dizer que entre os homens há um aumento de 14,3% e entre as mulheres de 6,3%.

"Recorde-se que a licença parental exclusiva do pai passou de 10 para 15 dias com a entrada em vigor do Orçamento de Estado para 2016. Contudo, estas prestações são maioritariamente requeridas pelas mães (68%), sendo 24.725 beneficiários femininos e 11.507 masculinos, em julho de 2016", lê-se na síntese estatística do GEP.

Segundo informação do Instituto de Segurança Social, as prestações por parentalidade dizem respeito aos subsídios atribuídos ao pais e/ou à mãe, "com vista a substituir o rendimento de trabalho perdido, durante o período de licença por nascimento do filho".

Estas prestações incluem o subsídio parental inicial, o subsídio parental alargado e o subsídio social parental inicial.

O subsídio parental inicial é atribuído por um período de 120 ou 150 dias seguidos, de acordo com a opção dos pais, e sem prejuízo dos direitos da mãe, uma vez que ela tem sempre que gozar seis semanas imediatamente a seguir ao parto, enquanto o pai é obrigado a usufruir de 15 dias úteis.

O subsídio parental alargado pode ser requerido pelo pai, mãe ou ambos, imediatamente depois de terem gozado o período da licença parental inicial.

Já o subsídio social parental inicial é atribuído aos pais e mães que não trabalham e não têm contribuições para a Segurança Social ou quando têm não reúnam as condições para terem direito ao subsídio parental por nascimento do filho.

Lusa

  • Marcelo lembra as consequências da demissão de Vítor Gaspar
    1:06

    Caso CGD

    O Presidente da República reitera que o assunto Caixa Geral de Depósitos está fechado. Em entrevista à TVI, Marcelo Rebelo de Sousa lembrou esta segunda-feira as consequências que a demissão de Vítor Gaspar, ministro das Finanças em 2013, provocou no sistema financeiro para justificar o facto de ter intervindo na polémica com as SMS trocadas entre Mário Centeno e António Domingues.

  • PSD e CDS admitem chamar António Costa à nova Comissão de Inquérito à CGD
    2:37

    Caso CGD

    PSD e CDS admitem chamar o primeiro-ministro à nova Comissão de Inquérito à CGD. Apesar de ser uma hipótese, a SIC sabe que os dois partidos ainda estão a definir o objeto do inquérito e, por isso, afirmam que é prematuro falar sobre eventuais audições. Seja como for, António Costa voltou esta segunda-feira a dizer que o assunto está encerrado.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne, capital da Austrália. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Pelo menos 18 detidos em protestos no Rio de Janeiro

    Mundo

    Pelo menos 18 pessoas foram esta segunda-feira detidas no Rio de Janeiro, Brasil, depois de confrontos com a polícia durante um protesto contra a privatização da empresa pública de saneamento, que serve o terceiro estado mais povoado do país.

  • O momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado
    1:21

    Mundo

    A investigação ao homicídio do meio-irmão do líder da Coreia do Norte no aeroporto da capital da Malásia está a provocar uma crise diplomática entre os dois países. Esta segunda-feira, um canal de televisão japonês divulgou imagens das câmaras de vigilância do aeroporto que alegadamente captam o momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado.

  • O atentado na Suécia inventado por Donald Trump
    2:12
  • Os ensaios para a maior festa do ano
    1:16

    Mundo

    Em contagem decrescente para o Carnaval, no Rio de Janeiro, já começaram os ensaios para a maior festa do ano. A noite de testes na avenida Marquês de Sapucaí conta com desfiles gratuitos.